Entrevista - Nando Reis fala sobre urgência de viver e atesta que cantar o amor sempre vale a pena - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Clube do Assinante13/01/2017 | 15h00Atualizada em 16/01/2017 | 16h35

Entrevista - Nando Reis fala sobre urgência de viver e atesta que cantar o amor sempre vale a pena

Músico faz show neste sábado no P12, em Florianópolis. Por e-mail, falou do lançamento do seu último disco, "jardim-pomar"

Entrevista - Nando Reis fala sobre urgência de viver e atesta que cantar o amor sempre vale a pena Carol Siqueira/Divulgação
Foto: Carol Siqueira / Divulgação

Nando Reis e sua inseparável banda Os Infernais voltam a Florianópolis para show amanhã no P12, em Florianópolis. Depois de quatro anos sem um disco de inéditas, o músico acaba de lançar jardim-pomar, álbum em que retoma parcerias antigas, como os Titãs, e incita a reflexão acerca da inquietude da vida. O trabalho saiu do forno em novembro e, embora o ruivo ainda não tenha começado a turnê, promete dar um gostinho de sua colheita na apresentação em Florianópolis. Sócio do Clube do Assinante e acompanhante têm 50% de desconto. 

Em entrevista por e-mail, falou dos conceitos de jardim-pomar, da urgência de viver e atestou que cantar o amor sempre vale a pena. Leia:

É teu oitavo disco solo. Em que difere dos outros em termos de produção e conceito?
jardim-pomar é uma colheita de frutos maravilhosos, histórias e memórias sinceras que criei no período de quatro anos, intervalo desde meu último lançamento. Difere especialmente na forma de produção, porque agora tenho um selo e um escritório. Fui atrás de criar modelos próprios, metodologias únicas nesse lançamento. Foquei em adequar as novas realidades do mercado e me manter fiel à música que eu acredito.

Parece um disco o qual você evoca a urgência de viver...
Essa é uma reflexão que todo mundo precisa ter e dar uma resposta definitiva é difícil. Mas a ideia geral do disco é incitar essa inquietude sobre viver e sobre aproveitar a vida. Se todos nós vamos morrer, por que não nos questionamos sobre como escolhemos viver enquanto estamos aqui? 

Há canções dedicadas à tua companheira. Cantar o amor ainda vale a pena?
Eu gosto de escrever sobre amor, tanto sobre o amor de relações pessoais quanto o amor pela vida. Isso é uma matriz direta com aquilo que sinto. É claro que ainda vale a pena, a música existe pra sentir, pra expor seus sentimentos, escancará-los. Mas esse disco também trata de outros assuntos, falo sobre finitude, mortalidade e de passagem do tempo.

jardim-pomar foi gravado em diferentes etapas. Como foi esse processo e por que tão complexo?
Não vejo como complexo, o disco foi gravado em Seattle e São Paulo. Em junho de 2015 fomos pra Seattle e gravamos cinco musicas. Jack Endino produziu. Em Fevereiro, Barrett Martin veio pro Brasil e gravamos o resto. Nunca havia feito desse jeito, com esse intervalo, esse tempo, determinante para o cuidado de cada faixa, cada arranjo. Barrett voltou pra Seattle e lá gravou metais, cordas, percussão. Peter Buck e Mike McCready gravaram suas participações. Em Abril voei pra lá e mixamos.

É um disco em que você também retoma parcerias com os Titãs. Como foi gravar juntos, depois de tanto tempo?
Contar com pessoas queridas em um trabalho querido é maravilhoso. O resultado, obviamente, não poderia ter sido melhor! ¿É bom olhar pra trás, e admirar a vida que soubemos fazer; é bom olhar pra frente¿. ¿Dessa vez¿ tem versos que definem bem como isso foi pra mim.

O show em Florianópolis será apenas do disco, ou você vai revisitar teus maiores sucessos?
Ainda não comecei a turnê nova. Eu e minha banda, os Infernais, vamos tocar alguns sucessos, como O que eu só vejo em você, Declaração de amor, Sei, Os cegos do castelo, Sou dela, All Star, O Segundo Sol, Relicário, Marvin, entre outras. E também Só Posso Dizer, primeiro single do meu novo disco.

AGENDE-SE

O quê: show do cantor Nando Reis
Quando: sábado, a partir das 10h (abertura do parador). Show previsto para 19h
Onde: P12 (Servidão José Cardoso de Oliveira, s/nº, Jurerê, Florianópolis)
Quanto: R$ 80 (5º lote). Sócio do Clube do Assinante e acompanhante têm desconto de 50% na compra antecipada na loja Ingresso Rápido (Beiramar Shopping - Rua Bocaiuva, 2.468, Centro)
Informações: (48) 3284-8156

Leia também
Quinteto Enraizados é uma das boas novas da música em Santa Catarina

Sertanejo, reggae, samba e rap: 8 shows para curtir no fim de semana em SC
Conheça Cristiano Ferreira, o engenheiro elétrico que é um dos principais nomes do blues de SC  

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPM prende homem com 1 mil comprimidos em Balneário Camboriú https://t.co/f9uGyJRggi #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCom a presença de famosas, Bloco da Favorita recebe quase 80 mil foliões no Rio https://t.co/Mrh0USxFVl #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros