Show "Elas por Elas" exalta o canto e a criação musical das mulheres de Santa Catarina no Teatro do CIC - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Cânticos femininos27/01/2017 | 09h27Atualizada em 27/01/2017 | 09h37

Show "Elas por Elas" exalta o canto e a criação musical das mulheres de Santa Catarina no Teatro do CIC

Espetáculo reúne cinco artistas de gerações diferentes de Florianópolis no palco do Teatro Ademir Rosa (CIC). Com repertório autoral e inspiradas pelo canto popular, elas apresentam vozes em uníssono 

Show "Elas por Elas" exalta o canto e a criação musical das mulheres de Santa Catarina no Teatro do CIC Goldem Fonseca/Divulgação
Da esquerda para direita: Iara Germer, Dandara Manoela, Tatiana Cobbett, Jana Gularte e  Carol Voigt Foto: Goldem Fonseca / Divulgação

Até outubro do ano passado, antes do primeiro Ciclo Internacional de Compositoras realizado em Florianópolis, pouco se sabia que Santa Catarina era berço de musicistas. Comumente associadas a divas ou intérpretes, as mulheres vem assumindo o lugar da criação — não só do canto, espaço que já ocupam há mais tempo.  No espetáculo Elas por Elas, em cartaz sexta-feira no Teatro Ademir Rosa (CIC), cinco artistas da Capital exaltam e valorizam a cultura popular catarinense e brasileira em repertório autoral.

De gerações diferentes, Carol Voigt, Dandara Manoela, Iara Germer, Jana Gularte e Tatiana Cobbett promoverão um encontro de vozes. A ideia é experimentar os variados timbres em coletivo:

— A mulher esteve muito presente no canto das músicas populares, no canto das lavadeiras, das brincadeiras de Boi de Mamão, do Terno de Reis — conta Tatiana Cobbett, cantora e compositora.

As canções originais serão cantadas em uníssono, evocando o modo de cantar das ancestrais. Muito embora o show preveja solos, o formato prioriza a harmonia das vozes, juntas.  

— Pensamos em levar o canto uníssono para enfatizar a força do canto popular, o que está na rua, nas tradições. Procuramos o tom mais apropriado, para que todas as vozes possam prevalecer e, ao mesmo tempo, preservando a característica de cada uma — diz a cantora e compositora Iara Germer.

Uma banda formada por músicos importantes da cena instrumental de Santa Catarina, como o contrabaixista Rafael Calegari, acompanha as artistas. Além dele, Larissa Galvão estará na flauta transversa, Luis Gama na percussão, Pedro Loch no violão e Fábio Melo na flauta e saxofone.

Pluralidade e valorização dos saberes

O repertório de 13 canções mostra o potencial criativo e de pluralidade das mulheres compositoras de Santa Catarina. O programa terá ainda a interpretação de textos poéticos, escritos pela cantora Jana Gularte.

— Mulher é sempre a cantora. A compositora ninguém sabe que existe. E começamos a olhar para o nosso repertório mais popular e percebemos que os cânticos eram e são sempre feitos pelas mulheres. Mesmo nas igrejas, elas predominam — observa Tatiana Cobbett.

Além de um retorno aos cânticos populares, os ritmos perpassam gêneros como o fado, o xaxado, o baião, o flamenco e o tom jazzístico. Elas por Elas também perpetua a questão da ação coletiva, já que toda a produção, arranjos, direção do espetáculo foram feitos em conjunto.

AGENDE-SE

O quê:
espetáculo Elas por Elas
Quando: sexta-feira, às 21h
Onde: Teatro Ademir Rosa, no CIC (Av. Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: R$ 30 / R$ 15 (meia). À venda na bilheteria do teatro
Informações: (48) 3664-2555

Leia também
8 eventos para curtir neste fim de semana em Santa Catarina
Lei obriga teatros e cinemas a adequarem poltronas para crianças 

->
 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaFeirão Caixa da Casa Própria em SC tem quase R$ 500 milhões em imóveis negociados https://t.co/36iUQWys2G #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEm meio à crise, torneio de dominó reúne lideranças políticas em Brusque https://t.co/WOk9yyRFRC #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros