"É uma desconstrução de tudo que eu fiz", diz a atriz Rosamaria Murtinho sobre papel em "Dorotéia" - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Clube do Assinante07/07/2017 | 04h00Atualizada em 07/07/2017 | 04h00

"É uma desconstrução de tudo que eu fiz", diz a atriz Rosamaria Murtinho sobre papel em "Dorotéia"

Peça de Nelson Rodrigues está em cartaz em Florianópolis neste fim de semana, no Teatro Ademir Rosa, no CIC

"É uma desconstrução de tudo que eu fiz", diz a atriz Rosamaria Murtinho sobre papel em "Dorotéia" Carol Beiriz/Divulgação
Rosamaria Murtinho, à esquerda, vive Dona Flávia e Letícia Spiller interpreta Dorotéia Foto: Carol Beiriz / Divulgação

Rosamaria Murtinho comia um bolinho quando atendeu a ligação da repórter do DC:

— Quer um pedaço? Tá uma delícia — brincou, e seguiu a conversa assim mesmo, de boca cheia.

Escorpiana, porém "analisada", como fez questão de frisar, a atriz de 81 anos está comemorando seis décadas de carreira em turnê com a peça Dorotéia, de Nelson Rodrigues, que tem direção e encenação de Jorge Farjalla. Na montagem, que está em cartaz na Capital catarinense neste fim de semana, no Teatro Ademir Rosa, no CIC, ela vive Dona Flávia, a protagonista e vilã.

— Sou "analisada" porque já fiz análise. Já digo logo, para as pessoas não ficarem com medo. Mas depois fiquei boazinha, não tenho mais gênio. Eu mesma me dei alta. Fiz análise durante algum tempo, foi muito bom. Acho que todo mundo devia fazer. Se conhecer é uma coisa muito boa — filosofa.

É a primeira vez que a atriz encena um personagem criado pelo dramaturgo pernambucano. E também a primeira que faz tantas transformações para "se enfeiar" para um papel - acostumada a viver mulheres divas, ricas e grã-finas nas novelas, Rosamaria queria um papel que a desconstruísse.  

— Na televisão, é mais limitado para as pessoas da minha idade. Já fiz alguns personagens desafiadores, e esse é um deles. É uma desconstrução de tudo que eu fiz. Estou muito feia. Até estou deixando meu cabelo ficar branco, senão fico uma hora na maquiagem. No começo, botei uma peruca mas pensei: "fazer Nelson Rodrigues de peruca? Não!".

Alexia Dechamps e Jaqueline Farias também estão no elenco Foto: Carol Beiriz / Divulgação

Escrita em 1949, Dorotéia fecha o ciclo das obras do chamado teatro desagradável de Nelson Rodrigues, e é a única farsa escrita pelo autor. Na história, Dona Flávia recebe Dorotéia (Letícia Spiller), sua prima mais nova, uma ex-prostituta que largou a profissão após a morte do filho e foi buscar abrigo na casa de suas primas - além de Dona Flávia, há também Maura e Carmelita.

Há 20 anos, nenhum homem entra na casa delas. As três viúvas, puritanas e avessas à beleza e ao sexo, têm uma maldição de família que faz com que sejam condenadas a ter um defeito de visão que as impede de ver qualquer homem, se casam com um marido invisível e sofrem de uma náusea na noite de núpcias – único sinal de contato masculino que teriam em toda vida. Arrependida dos pecados e em troca de abrigo, a bela Dorotéia aceita iniciar um processo de destruição de sua própria beleza para se igualar à feiúra de suas primas.

— Vejo uma hipocrisia nisso tudo. Acho que, como qualquer clássico, resiste ao desgaste do tempo. Apesar de ter sido escrita em 1948, é muito atual porque é uma metáfora de uma coisa que estamos vivendo. A peça fala de mentira, enganação, hipocrisia, negação, tudo que a gente está vivendo atualmente no Brasil e, principalmente, na política — analisa a atriz. 

Agende-se
Dorotéia
Quando: sábado (8), às 21h, e domingo (9), às 18h
Onde: Teatro Ademir Rosa - CIC (Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: a partir de R$ 70, à venda no site Blueticket. Desconto de 40% para sócio e acompanhante do Clube do Assinante na compra do ingresso antecipado

Leia mais:

Associação Brasileira dos Promotores de Eventos é contra ingressos unissex obrigatórios

Confira cinco filmes que apostam na viagem no tempo

Família Schurmann lança websérie com aventuras de famosos e influenciadores no veleiro Kat

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Prefeitura de Itajaí quer aumentar o número de comissionados https://t.co/bJKDTnPz25 #LeiaNoSantahá 20 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaFeminejo, Roberto Carlos e final do "The Voice": confira os especiais de fim de ano na TV https://t.co/XzuMUlhz9V #LeiaNoSantahá 35 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca