Malásia proíbe execução do hit "Despacito" nas rádios públicas - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Conteúdo "impróprio"20/07/2017 | 10h18Atualizada em 20/07/2017 | 10h20

Malásia proíbe execução do hit "Despacito" nas rádios públicas

Ministro do país afirmou que parte da população criticou a música por conter "muitas insinuações sexuais"

Malásia proíbe execução do hit "Despacito" nas rádios públicas Youtube/Reprodução
Foto: Youtube / Reprodução
AFP
AFP

As emissoras de rádio públicas da Malásia deixaram de reproduzir o sucesso do momento, Despacito, no país de maioria muçulmana, anunciou um ministro, depois de críticas de pessoas que consideram a música anti-islâmica, já que teria muitas insinuações sexuais.

Salleh Said Keruak, ministro da Comunicação, disse que seu ministério recebeu inúmeras queixas sobre a música, que é sucesso internacional. Ele disse esperar que as emissoras privadas e os canais de tv também sigam o exemplo.

Despacito virou viral depois de seu lançamento em janeiro e ficou ainda mais popular em abril depois que o astro canadense da música popo Justin Bieber apareceu em um remix.

A canção do porto-riquenho Luis Fonsi foi declarada na quarta-feira a mais reproduzida em "streaming" em todo mundo.

Leia mais:

"Despacito" é primeira música em espanhol desde "Macarena" a chegar ao topo dos EUA

Conheça a história do reggaeton, da marginalização ao sucesso mundial de "Despacito"

Remix de "Despacito", com Justin Bieber, se torna primeira música em espanhol a liderar ranking do Spotify

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    Santa"A prisão é a última medida que se deve tomar em relação ao cidadão", diz desembargadora https://t.co/MTERPQsCwL #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaSC ainda não tem previsão de data para lançar concurso de agentes prisionais, diz secretário-adjunto https://t.co/TKZFPxWEuV #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros