"Celebridade", de Gilberto Braga, estreia na faixa Vale a Pena Ver de Novo nesta segunda - Lazer e Cultura - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Vingança e reparação04/12/2017 | 10h33Atualizada em 04/12/2017 | 10h33

"Celebridade", de Gilberto Braga, estreia na faixa Vale a Pena Ver de Novo nesta segunda

Na primeira semana, a novela divide espaço nas tardes da RBS TV com as emoções finais de "Senhora do Destino" 

"Celebridade", de Gilberto Braga, estreia na faixa Vale a Pena Ver de Novo nesta segunda Divulgação/TV Globo
Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu) e Maria Clara Diniz (Malu Mader) Foto: Divulgação / TV Globo

A rivalidade entre a bem-sucedida Maria Clara Diniz (Malu Mader) e a invejosa Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu) é o eixo principal da novela Celebridade, exibida originalmente de 2003 a 2004 e que, a partir desta segunda-feira (4), poderá ser relembrada no Vale a Pena Ver de Novo. O folhetim do autor Gilberto Braga substituirá Senhora do Destino na faixa das 16h20min, de segunda a sexta-feira, na RBS TV – na primeira semana, as duas novelas dividem o espaço nas tardes do canal.

A trama tinha como base um desejo de vingança. O motivo para o ódio de Laura – a vilã – contra Maria Clara era a canção Musa do Verão, uma espécie de Garota de Ipanema. Maria Clara sempre acreditou que a música fora composta pelo ex-noivo falecido, Wagner, para homenageá-la. A empresária ganhou fama e dinheiro por conta disso. Laura, no entanto, chega com a verdadeira versão: a letra havia sido escrita pelo padrasto, Ubaldo (Gracindo Júnior), para a mãe dela, Marília, e roubada por Wagner, que registrou e lançou a obra. Ubaldo matou Wagner e acabou sendo condenado a 15 anos de cadeia. Já Marília morreu após desenvolver uma depressão. Todos os fatos fizeram com que Laura amargasse uma vida miserável. Para destruir a rival e reverter a situação, ela conta com a ajuda de Marcos (Márcio Garcia).

Mas nem tudo eram lágrimas. O núcleo de personagens ambientado no bairro do Andaraí, zona norte do Rio de Janeiro, garantia as cenas cômicas. Por lá viviam Darlene (Deborah Secco) e Jaqueline Joy (Juliana Paes), manicures em busca da fama. Ambas faziam de tudo para conseguir um espaço nas revistas e colunas sociais.

Outras histórias envolventes foram as de Cristiano (Alexandre Borges), um jornalista de grande sucesso que vê a carreira ir por água abaixo após se entregar à bebida, e Inácio (Bruno Gagliasso), filho rejeitado pela mãe, Beatriz (Deborah Evelyn). Também houve o mistério sobre quem matou Lineu (Hugo Carvana), que teve o responsável pelo crime revelado apenas nas cenas derradeiras – os atores gravaram três finais diferentes horas antes de ir ao ar.

A repercussão de Celebridade atingiu patamares internacionais quando a Variety, revista norte-americana especializada na indústria do entretenimento, divulgou uma entrevista com Gilberto Braga falando sobre a ficção, em março de 2004. O sucesso de audiência no Brasil era tanto que o último capítulo, em junho do mesmo ano, registrou a maior média de um capítulo final desde Renascer, em 1993. 

Leia mais notícias de Entretenimento

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPIB caiu em 109 cidades catarinenses em 2015 https://t.co/M5tfmBxGSN #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Outlet inaugura em Porto Belo com investimento de R$ 200 mi https://t.co/7sueqH4O9I #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca