Versão mobile

18/11/2011 | 21h19

Recorde de mortes na BR-470 deixa rastro de sofrimento no Vale

Desde 2000 o trecho de 200 quilômetros entre Navegantes e Ponte Alta não havia registrado tantos acidentes com vítimas fatais como em 2011, quando 137 pessoas já morreram

Enviar para um amigo
Recorde de mortes na BR-470 deixa rastro de sofrimento no Vale Rafaela Martins/Agencia RBS
Doralina, moradora de Indaial, é uma das muitas mães que perderam os filhos em acidentes na BR-470 Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

O ano de 2011 superou uma triste marca da BR-470 no Vale do Itajaí. Desde 2000, quando morreram 127 pessoas no trecho de 200 quilômetros entre Navegantes e Ponte Alta, a estrada não havia registrado tantos acidentes com vítimas fatais como neste ano. Até sexta-feira, 137 pessoas perderam a vida na rodovia em 2011. Os últimos 12 anos somam 1.258 mortes neste trecho.

Everaldo se esforçou. Com o peito prensado pelo impacto da batida, tentava falar enquanto agonizava entre as ferragens. Cercado por desconhecidos, usou a pouca resistência que ainda tinha para sussurrar as últimas palavras.

Depois de algumas tentativas, cedeu à dor e não resistiu. Aos 28 anos, Everaldo Rodrigues morreu depois de bater o Gol que conduzia em uma caminhonete na BR-470, em Indaial, onde também vivia.

Naquele 2 de março de 2003, o operário da construção civil perdeu a vida levando com ele as últimas palavras que deixaria para alguém. Talvez Everaldo desejasse mandar um recado para os filhos e a esposa, que o esperavam em casa, ou estivesse tentando deixar uma mensagem para a mãe, Claudia Dulce Jacob, 53, que no dia seguinte estava de aniversário.

— A partir daquele dia, uma parte de mim se foi — lamenta Claudia, enquanto procura com as mãos o amparo nos porta-retratos com as fotos de Everaldo.

Embaixo do balcão da mercearia que administra no Bairro Encano do Norte, a comerciante guarda a farda do Exército e as medalhas que o filho conquistou no tempo em que serviu à pátria.

Mesmo passados quase nove anos da morte, a emoção aparece traduzida em lágrimas, que se repetem todas as noites antes de dormir, quando revê fotografias do filho. Emocionada, recorda a última frase que ouviu de Everaldo, no sábado do acidente:

— Mãe, vou pra casa levar minhas compras e ver meus filhos, que estou com saudade.

Para o dia seguinte, o operário havia preparado uma festa surpresa para a mãe. Porém, a surpresa que recebeu foi o caixão com o corpo do filho. Das 812 mortes registradas entre janeiro de 2005 e novembro de 2011, 127 ocorreram entre os Kms 63,8 e 78,8, que cortam Indaial. O trecho de 15 Km é o responsável por registrar o maior número de vítimas fatais nos últimos sete anos.

Em Indaial, prefeitura vai construir túnel

Com a morte morando ao lado, os moradores buscaram, por meio de protestos e fechamento da rodovia, mobilizar os governos municipal, estadual e federal para que tomem alguma iniciativa para reduzir os índices de acidentes. Cansados de esperar pela duplicação, a comunidade recorreu ao poder público municipal.

No mês passado, o prefeito de Indaial, Sérgio Almir dos Santos, iniciou um orçamento para a construção de um túnel que vai ligar as ruas Alegrete e Araucária, no Km 66,7 da BR-470.

O valor da estrutura pode variar entre R$ 173 mil e R$ 358 mil, mais os custos adicionais de mão de obra. Segundo Santos, a prefeitura fará um projeto para a obra e depois buscará os recursos nos governos estadual e federal.

— Sei que a responsabilidade da rodovia é do governo federal, mas não posso me omitir diante do sofrimento da comunidade de Indaial — salienta o prefeito.

A intenção de Santos é fazer com que diminuam o número de mortes no trecho que corta a cidade, possibilitando aos moradores dos bairros próximos à rodovia que transitem de um lado ao outro da cidade sem correr riscos. O túnel, de acordo com o prefeito, será para passagem de pedestres e veículos pequenos, como carros e motos.

>>> Confira a reportagem completa no Santa deste final de semana <<<

JORNAL DE SANTA CATARINA

Notícias Relacionadas

18/11/2011 | 21h03

Lançamento de camisa feminina provoca crescimento de empresa têxtil de Blumenau

Linha social da Dudalina aumenta número de lojas e quantidade de funcionários

18/11/2011 | 20h35

Mais de 400 moradores de Blumenau ficaram sem FGTS por exigência de laudo

Pessoas residentes em prédios atingidos pela enchente precisaram comprovar que foram lesadas

18/11/2011 | 11h23

Polícia Militar apreende drogas em casa em Indaial

Quatro pessoas foram presas

18/11/2011 | 11h02

Homens armados assaltam restaurante no Bairro Passo Manso, em Blumenau

Dinheiro do caixa e pertences de clientes foram levados

18/11/2011 | 10h33

Jovem que sobreviveu a acidente na Rua 7, em Blumenau, segue internado

Ele não tem previsão de alta hospitalar

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaConfira cinco dicas para fazer o perfil de sua empresa bombar nas redes sociais http://t.co/4qyRyzqks6há 7 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaRT @SantaEsporte: Campeão olímpico em 2004, Giba anuncia aposentadoria http://t.co/EpXNyGyv4Ehá 7 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros