Versão mobile

31/12/2011 | 11h36

Nadador olímpico de Joinville, Eduardo Fischer se aposenta das competições de ponta

Aos 31 anos, Fischer planeja disputar mais dois Jasc e vai investir na carreira de advogado

Enviar para um amigo
Nadador olímpico de Joinville, Eduardo Fischer se aposenta das competições de ponta  Leo Munhoz/Agencia RBS
A decisão de praticamente parar não foi fácil Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

O nadador joinvilense Eduardo Fischer está se despedindo das piscinas aos 31 anos. O primeiro passo foi se aposentar das provas de ponta do calendário nacional e internacional. As de 2011 foram as últimas. Fica a intenção de participar de mais duas edições dos Jogos Abertos de SC antes de deixar de vez as raias.

A decisão de praticamente parar não foi fácil, mas foi a alternativa encontrada pelo competitivo nadador que não conseguia mais acompanhar o ritmo da nova geração.

O joinvilense coleciona feitos marcantes na carreira iniciada aos seis anos. Além de participar de duas Olimpíadas, foi dele a primeira medalha que o País conquistou, no nado peito, no Mundial. Fischer também é responsável pela quebra de mais de 30 recordes sul-americanos. E a lista não para por aí.

— Eu sempre fui acostumado a vencer. Entre 2000 e 2006 nadei praticamente sem adversário. Ganhei tudo o que podia vencer no Brasil e na América do Sul. Mas, depois, começaram a vir as lesões, treinar ficou cada vez mais difícil. Continuo treinando forte, mas treinar forte e perder... tem que perceber que não é mais a mesma coisa —, desabafa.

Acostumado a nadar entre seis e dez quilômetros diários durante 20 anos, Fischer vai trocar a piscina pelo escritório. Formado em direito, irá se dedicar com o mesmo afinco – garante ele – em sua carreira de consultoria tributária. Desde maio ele exerce a função e acredita em uma passagem tranquila.

— Eu fui desmamando aos poucos —, brinca.

Mas a natação não ficará reservada às lembranças ou às medalhas que guarda. Ele continuará treinando em menor escala para manter corpo e mente sãos. Antes de encerrar a carreira em definitivo, planeja disputar os seus últimos dois Jogos Abertos de Santa Catarina.

Em 2012, por já ter um compromisso firmado com a equipe de sua cidade. Em 2013, pelo sonho de se despedir com uma medalha de ouro nos Jasc que serão realizados em Joinville.

LEIA MAIS:

Projeto para piscina olímpica

Muita dedicação nos treinos

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDupla é presa por tráfico de drogas em Blumenau http://t.co/Lgyn8YycHYhá 7 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaRT @SantaEsporte: Vídeo sinistro! Você já viu o fantasma da Libertadores? http://t.co/VDe3RBzxha http://t.co/pN927zf5NBhá 9 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros