Versão mobile

31/01/2012 | 18h44Atualizada em 01/02/2012 | 08h23

Casal morre em acidente na BR-470, em Navegantes, a caminho de tratamento de câncer

Colisão entre caminhão e automóvel aconteceu no Km 13,4 da rodovia federal

Enviar para um amigo
Casal morre em acidente na BR-470, em Navegantes, a caminho de tratamento de câncer Marcos Porto/Agencia RBS
Jézio estava a caminho do hospital para tratamento de câncer quando sofreu acidente na BR-470 Foto: Marcos Porto / Agencia RBS

Duas pessoas morreram nesta terça-feira à tarde na BR-470, em Navegantes. Por volta das 15h45min, a batida envolvendo três veículos provocou a morte do casal Jézio José da Rocha, 61 anos, e Miriam Noemia Cardoso da Rocha, 57 anos. Eles eram ocupantes do Renault Clio, com placas de Itajaí, que seguia para Hospital Santo Antônio, em Blumenau, onde Jézio se trataria de um câncer.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Clio colidiu na lateral de um caminhão de União da Vitória (PR), na passagem para a terceira faixa que se forma no Km 13,4 da rodovia. Com a batida, o Clio rodopiou na pista e capotou. O veículo parou na pista contrária e foi atingido por uma caçamba de Blumenau.

Havia outros dois ocupantes no automóvel, que se feriram levemente, segundo a PRF. Em 2012, 11 pessoas morreram na BR-470. O acidente foi o primeiro fatal registrado no trecho de Navegantes. Em 2011, entre o Km 1 e o 16 foram registradas 16 mortes.

O acidente provocou a interdição das duas pistas da BR-470 por cerca de uma hora. O trânsito ficou em meia-pista por mais duas horas para a remoção dos veículos. Até  20h, ainda havia fila de 3,5 quilômetros no sentido Blumenau Litoral.

Às 14h, uma batida envolvendo dois atuomóveis e um caminhão carregado com brita, no Km 11, também em Navegantes, deixou o trânsito em meia-pista. O veículo e a carga só foram removidos às 19h. Desde 2000 morreram 1.297 pessoas na BR-470.

Comentar esta matéria Comentários (1)

Walfrido

Os números da estatística nos causam muita tristeza, pelo fato de nada fazerem ou pouco fazerem para tornar esta rodovia segura. As imprudencias são as causas maiores. A rodovia está em boas condições de tráfego. O problema, na maioria dos casos, são os motoristas. Para melhorar esta situação, é ter e fazer campanha de conscientização. Paciencia, muita paciencia, para trafegar na BR 470. Mesmo duplicando, os acidentes vão continuar. A BR 101 também é o corredor da morte, mesmo duplicada.

01/02/2012 | 06h15 Denunciar

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHemosc de Blumenau esclarece pedidos de doação de sangue que circulam nas redes sociais http://t.co/eh0wlNttIT http://t.co/vre8f8FEwYhá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaFalta de energia elétrica mata 17 mil frangos de calor em Apiúna, no Médio Vale http://t.co/khYssxI9Kn http://t.co/LUflUo6zILhá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros