Faltando um mês para começar a Série B do Catarinense, saiba como as equipes do Vale estão se preparando - Jornal de Santa Catarina: notícias de Blumenau, Vale do Itajaí e SC

Vers?o mobile

 
 

Futebol03/05/2018 | 07h30Atualizada em 03/05/2018 | 07h30

Faltando um mês para começar a Série B do Catarinense, saiba como as equipes do Vale estão se preparando

Quinze anos depois, Blumenau volta a ter dois representantes na divisão de acesso à elite


Daqui a um mês, em 3 de junho, inicia a Série B do Campeonato Catarinense. Quinze anos depois, a maior cidade do Vale do Itajaí volta a ter dois representantes na divisão de acesso à elite, com o Metropolitano e o Blumenau Esporte Clube. Para complementar, o Vale ainda terá outros quatro clubes: Marcílio Dias, Almirante Barroso, Camboriú e Barra, que se juntam a Juventus, Operário de Mafra e Fluminense de Joinville. Confira a seguir como estão as equipes e os preparativos para a Segundona do Estadual de 2018: 

BLUMENAU ESPORTE CLUBE
Estádio do Sesi | Capacidade: 3.624 pessoas
Técnico: Rony Aguilar
Destaques:
Com instabilidade administrativa por conta da disputa jurídica pelo comando do clube, o Tricolor vive um momento turbulento. Pressionado pela Associação dos Amigos do BEC e por sócios fundadores, o presidente Wanderlei Laureth teve que driblar obstáculos para iniciar a preparação do time para a Série B. À beira do campo, o presidente teve a perda do técnico Viton, que pediu demissão do cargo em março. De lá para cá, o Blumenau anunciou reforços pelas redes sociais, a maioria remanescente do título da Série C do Estadual de 2017. O zagueiro Alex, o lateral Julinho, os volantes Rosseti e Ygor, os meias Miller e Andrei, além do atacante Lucas Vaz vestirão novamente a camisa da equipe, sob o comando de Rony Aguilar, anunciado na semana passada. Outro nome confirmado foi o centroavante Maranhão, ex-CEC/Orleans.

 Perfil de Roni de Aguilar Souza, técnico do Camboriú.
Com passagens pelo Camboriú, Rony Aguilar será o treinador do Blumenau na Série BFoto: Lucas Correia / Agencia RBS

CLUBE ATLÉTICO METROPOLITANO
Estádio do Sesi | Capacidade: 3.624 pessoas
Técnico: Rodrigo Cascca
Destaques:
Rebaixado no Estadual do ano passado, o clube confirmou a contratação de dois experientes atletas e que já tiveram passagens pela Liga dos Campeões da Europa para tentar retornar à elite. Os zagueiros Rafael Schmitz (ex-Lille, da França, e Birmingham, da Inglaterra, entre outros) e Douglas Silva (ex-Vasco, Brusque e Hapoel Tel-Aviv) foram os primeiros reforços anunciados. Outros jogadores ainda retornaram, como o goleiro Igor Koehler, o zagueiro Maurício e o lateral-esquerdo Rodolfo. De modo geral, o Metrô está acertado com mais atletas, como o lateral-direito Paulo Henrique, e os meias Marcelo Godri e Camargo, mas ainda não divulgou oficialmente as contratações. O presidente Saulo Raitz aguarda pelos exames médicos e a assinatura do contrato. Até lá, atletas das categorias de base formam a espinha dorsal da equipe.

Rafael Schmitz, zagueiro do Metropolitano
Experiente zagueiro Rafael Schmitz é um dos destaques do elenco do MetropolitanoFoto: José Alberto Espercot / Arquivo Pessoal

CLUBE NÁUTICO ALMIRANTE BARROSO
Estádio Camilo Mussi | Capacidade: 1.160 pessoas
Técnico: Agnaldo Liz
Destaques:
O ex-zagueiro Agnaldo Liz será o treinador do alviverde na Segunda Divisão do Catarinense. Também rebaixado no ano passado, a equipe de Itajaí tenta provar que não foi um acaso a conquista da Série B de 2016. O time tem 18 jogadores confirmados, iniciou os treinos no último dia 20 e aposta em nomes que já passaram por SC. Thiago Silva (ex-Marcílio Dias) e Bismark (ex-Atlético de Ibirama) são alguns deles.

CLUBE NÁUTICO MARCÍLIO DIAS
Estádio Dr. Hercílio Luz | Capacidade: 8.010 (liberada)
Técnico: Renê Marques
Destaques:
O Rubro-Anil provavelmente é a equipe mais à frente na preparação para a Série B. Comandado por Renê Marques, ex-Almirante Barroso, o Marcílio Dias quer apagar a má campanha do ano passado para voltar à elite catarinense. No feriado do Dia do Trabalhador, a diretoria anunciou a vinda por empréstimo do goleiro Rafael Kahn, que pertece ao Curitiba, e o meia Bruno Meurer. Até o momento, 14 atletas foram confirmados.

BARRA FUTEBOL CLUBE
Estádio Roberto Santos Garcia | Capacidade: 1.500 pessoas
Técnico: Fábio Sanhudo
Destaques:
O Pescador é de Balneário Camboriú, mas jogará as partidas como mandante fora da cidade natal, assim como ocorreu nos últimos anos. Na última segunda-feira, o clube iniciou os treinamentos para a Série B e terá à beira de campo o comando de Fábio Sanhudo. O técnico já passou pelo próprio Barra e chegou a atuar nas categorias de base do Internacional. O atacante Cadu, 36 anos, e o lateral Rodolfo, 30, são os mais experientes.

CAMBORIÚ FUTEBOL CLUBE
Estádio Roberto Santos Garcia | Capacidade: 1.500 pessoas
Técnico: Mauro Ovelha
Destaques:
Atual campeão da Segundona pelo Concórdia, Mauro Ovelha será o treinador da Cambura na competição. Rei dos times pequenos de Santa Catarina, Ovelha foi apresentado no início de abril com a responsabilidade de repetir o feito da equipe alaranjada em 2015, quando foi vice-campeã e ascendeu à elite. Um dos reforços já confirmados pelo Tricolor da Baixada é o meia Aldair, que já atuou pelo clube e passou por Joinville, Brusque e Metropolitano, entre outros. O goleiro Zé Carlos é outro destaque do grupo.

GRÊMIO ESPORTIVO JUVENTUS
Estádio João Marcatto
Técnico: Eduardo Clara
Destaques:
Ex-gerente de futebol do São Raimundo-AM, Eduardo Clara foi confirmado já em março como técnico do time jaraguaense. O clube ainda oficializou a contratação do volante Anderson Pedra, capitão da equipe de 2012 a 2014 e que estava no futebol chinês. O conhecimento do treinador do futebol da região Norte e Nordeste, inclusive, é perceptível nas negociações. Cinco dos sete reforços anunciado pelo Juventus vêm do Amazonas, Tocantins e Rio Grande do Norte.

ESPORTE CLUBE OPERÁRIO DE MAFRA
Estádio 16 de Abril | Capacidade: 2.000 pessoas
Técnico: Edmar Heiler
Destaques:
Até agora, o alvinegro de Mafra – mas que joga no estádio da vizinha Itaiópolis –, anunciou apenas o técnico Edmar Heiler. Este será o quarto ano consecutivo do treinador à frente do Operário. Todo o elenco será apresentado e iniciará os treinamentos no próximo sábado. No ano passado, o time oscilou bastante de rendimento entre os dois turnos. Somou 13 pontos na primeira parte da competição e apenas quatro no returno, terminando na 7ª posição geral.

FLUMINENSE FUTEBOL CLUBE
Arena Joinville | Capacidade: 17.454 pessoas
Técnico: Valmir Israel
Destaques:
Do ano passado, 12 jogadores permanecem no clube joinvilense. Outros oito atletas serão contratados e o restante do grupo será formado por jogadores das categorias de base. Nomes como o atacantes Edinho (ex-JEC) e Erick (ex-Rio Branco-PR) e o lateral-esquerdo Jeanzinho, que também passou pelo Tricolor, fazem parte do elenco do Fluminense que, assim como no ano passado, mandará seus jogos na Arena.

GUARANI DE PALHOÇA FUTEBOL LTDA.
Estádio Renato Silveira | Capacidade: 2.081 pessoas
Técnico: Sérgio Ramirez
Destaques:
Será o terceiro ano consecutivo do uruguaio Sergio Ramirez no comando do Bugre. O time terá apenas dois remanescentes da temporada passada: o zagueiro Pavani e o volante Caprioli. O goleiro Lucas Alves, que estava no Hercílio Luz, retorna à equipe. Atletas que atuavam no interior de São Paulo foram avaliados pela comissão técnica e muitos que estavam no Ituano-SP devem vestir a camisa do Guarani. Hoje começam as avaliações físicas e os treinamentos com bola.

Leia mais notícias sobre o futebol catarinense no Santa







 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é morto pela namorada após discussão, em Penha https://t.co/ngM59SUSfOhá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaComo Gilmar Mendes lavou as mãos no caso João Rodrigues https://t.co/7jqBkYaIc2há 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca