OBITUÁRIO: Danilo Groff - Jornal de Santa Catarina: notícias de Blumenau, Vale do Itajaí e SC

Vers?o mobile

 

Obituário

Danilo Groff
Danilo Groff

Histórico militante trabalhista, Danilo Groff morreu na tarde ontem, aos 76 anos, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, vítima de uma parada cardíaca.

Groff era natural de Passo Fundo e nasceu em 26 de fevereiro de 1934. Casado com Ionne Groff, deixa dois filhos: Ivana e Danilo Filho. Era bioquímico, funcionário aposentado do Pronto Socorro de Porto Alegre.

Foi presidente nacional da Mocidade Trabalhista, antes do golpe de 64. Perseguido pelo governo militar, foi reconhecido como preso político e recebeu indenização.

Assessorou Leonel Brizola em seus governos no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro.

O militante esteve em diversos Estados do Norte do Brasil, organizando e fundando o PDT. Enviado especial de Brizola, tinha a missão de consolidar a proposta da sigla no país. Também atuou nas Diretas Já.

Groff foi um dos protagonistas do protesto de 25 de junho de 1987, na Praça XV, no centro do Rio de Janeiro, resultado de revolta contra o Plano Cruzado II, baixado pelo então presidente da República, José Sarney. No episódio, Groff foi preso e mantido incomunicável.

Apesar da saúde frágil, mantinha a rotina de militante político, participando de compromissos partidários como membro dos diretórios regional e nacional de seu partido. Era presidente de honra da Juventude Socialista e liderava o movimento dos aposentados do PDT.

Data de publicação: 06/08/2010Comunicar um amigo | Enviar condolências

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é preso com mais de 400 pedras de crack no bairro Velha Grande, em Blumenau  https://t.co/oom9lECtTUhá 29 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDeputados pedem documentos sobre operação do ferry boat que liga Itajaí e Navegantes https://t.co/sQGdIcQb2qhá 29 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca