Filhos do casal Adelina Hess e Duda Souza, fundadores da camisaria Dudalina, herdam gene empreendedor dos pais - Política e Economia - Santa

Vers?o mobile

 
 

Negócios em família21/12/2013 | 09h09

Filhos do casal Adelina Hess e Duda Souza, fundadores da camisaria Dudalina, herdam gene empreendedor dos pais

A camisaria Dudalina não é o único legado de Adelina Hess e Duda Souza. O casal gerou 16 filhos e, com eles, mais de uma dezena de empresas que devem ganhar novo fôlego com os R$ 650 milhões conquistados após a venda da companhia

Pelas mãos de Adelina Hess de Souza, um lote encalhado de tecidos se transformou na gênese da maior camisaria da América Latina. Ao lado do marido, Duda — Rodolfo de Souza, no batismo —, ela trabalhou para erguer a Dudalina e transformá-la em uma importante indústria do setor. O sucesso dessa história de empreendedorismo levou o Warburg Pincus e o Advent International — dois fundos americanos — a desembolsar no começo do mês R$ 650 milhões por 72,2% do capital da empresa.

Mas o legado de Adelina e Duda vai além da Dudalina: o casal gerou 16 filhos e, com eles, transmitiu o gene empreendedor. Desde a infância, os onze meninos e as cinco meninas (todos batizados com nomes compostos) se revezavam para ajudar os pais a tomar conta dos negócios. Além da fábrica de camisas, os Hess de Souza administravam um pequeno comércio de secos e molhados, em Luis Alves, e, mais tarde, duas lojas em Balneário Camboriú.

Com a venda da participação da Dudalina para os fundos americanos, os irmãos terão mais tempo para dedicar aos próprios negócios — e recursos para investir. A longa negociação, que se estendeu por dois anos, levou em conta o valor necessário para bancar os sonhos dos herdeiros. 

— Foi um bom negócio para todo mundo, ninguém ficou chateado. Foi uma negociação dura porque nós projetamos uma cifra, e até eles reconhecerem esse valor demorou um pouco — diz Armando César, sétimo filho do casal.

Trajetória empreendedora da família está marcada pelo setor têxtil e moda

Desde 2006 ele está à frente da indústria de tecidos RenauxView, em Brusque. Mas durante 12 anos ocupou o cargo de presidente da Dudalina. Ele assumiu a vaga no lugar do primogênito Anselmo José, 65 anos, e convenceu o conselho de administração a aceitar Sônia Regina, 57, na presidência em 2003. Hoje, além dela, apenas Rui Leopoldo, 53, trabalha na companhia — mas a empresa chegou a ter sete dos 16 irmãos na operação.

Herdeiros também se envolveram com política e ocuparam cargos públicos

Na lista de negócios criados pelos herdeiros está a marca de roupa casual Beagle, fundada pelo caçula Marco Aurélio, 44, a boutique Tida, de Florianópolis, além de diversos investimentos no setor hoteleiro e imobiliário. A família também já se envolveu com política e ocupou cargos na prefeitura de Blumenau e no governo de Santa Catarina. Agora surge um novo capítulo: o dinheiro da venda irá inaugurar um ciclo de criação de novos negócios que irão se perpetuar o nome do grupo no empreendedorismo catarinense.

ALINE CAMARGO E JANAÍNA CAVALLI - Jornal de santa catarina

Notícias Relacionadas

Venda 16/12/2013 | 08h10

Confira quais são os pontos fortes da Dudalina

Empresa que começou em Luis Alves foi vendida a fundos de investimento americanos

Negócios 16/12/2013 | 07h51

Venda da Dudalina a fundos de investimento americanos faz empresa começar novo ciclo

A venda foi fechada na última terça-feira à noite, após dois anos de negociação

Negócio de grife 15/12/2013 | 22h16

Bastidores da venda da Dudalina, um dos maiores negócios da história do setor têxtil do país

Linha feminina deu novo fôlego às vendas da grife catarinense a partir de 2010

Venda internacional 14/12/2013 | 15h16

Dudalina: do comércio familiar para o mundo

Como a pequena confecção de Duda e Adelina em Luis Alves, no Vale do Itajaí, se tornou um império latino-americano de moda

Venda internacional 14/12/2013 | 14h14

Norte-americanos que compraram a Dudalina são gigantes internacionais

Um dos fundos de investimento tem participação na Kroton Educacional, dona da Uniasselvi

Venda internacional 14/12/2013 | 09h37

Dudalina, de Blumenau, é vendida a investidores dos Estados Unidos

Segundo revista, dois fundos de investimento americanos assumiram controle da empresa

 
Jornal de Santa Catarina
Busca