Levantamento mostra em que dias da semana os grandes supermercados de Blumenau oferecem preços mais baixos - Política e Economia - Santa

Vers?o mobile

 
 

Seu bolso24/08/2015 | 07h38Atualizada em 24/08/2015 | 17h58

Levantamento mostra em que dias da semana os grandes supermercados de Blumenau oferecem preços mais baixos

Em tempos de contenção de despesas e aperto no orçamento, o jeito é pesquisar

Levantamento mostra em que dias da semana os grandes supermercados de Blumenau oferecem preços mais baixos Rafaela Martins/Agencia RBS
Odete Ramos aproveita dias de promoção para levar mais itens para casa Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

Correção: A assessoria de comunicação da Cooper entrou em contato com a redação para esclarecer que a rede tem promoções de verduras e hortifruti na terça e de frios na quarta. A tabela já foi corrigida.

Diariamente Matilde Ramos, 51 anos, está de olho nas promoções dos mercados. Pesquisar é a dica da paulista que mora em Blumenau há 12 anos para os consumidores que estão em busca de economia. Na quinta-feira ela foi até o Galegão da Escola Agrícola e se concentrou na compra de carnes, a promoção do dia. Segundo Matilde, o desconto vale a pena no fim do mês.

– É importante pesquisar e manter o foco na oferta. Há vários mercados que oferecem promoções e o melhor preço. Os valores variam, mas valem a pena. Nesta promoção, por exemplo, há carnes que saem por R$ 6 o quilo – cita.

:: Confira a tabela com os dias de promoção nos supermercados de Blumenau
:: Leia mais notícias de Economia
:: Curta a nossa página no Facebook

Um levantamento realizado pela Kantar Worldpanel, empresa global que analisa o comportamento do consumidor, indica que 71% das famílias brasileiras acreditam que os gastos aumentaram em 2015 e que 97% delas estão buscando alternativas para reduzi-los. O bolso apertado, a inflação e o medo do desemprego fizeram com que os donos dos lares repensassem seu consumo, ressalta a gerente de Atendimento e Negócios da Kantar, Maria Ferreira.

– Há alguns anos estamos observando a diminuição no número de idas ao ponto de venda. A percepção de inflação alta causa esse efeito. Em 2015, a tendência se aprofunda. Compras de abastecimento ganham força e o canal “atacarejo” (mistura de atacado com varejo) acaba se expandindo expressivamente no contexto compra de abastecimento versus preços mais baixos – destaca.

Promoções conquistam público maior na crise

O encarregado de vendas do Fort Atacadista Rodolfo Possato conta que os descontos e os produtos se alternam a cada semana. No início e no fim do mês os clientes costumam aproveitar as promoções, que variam entre 10% e 20% do valor da etiqueta dos demais dias.

– Além dos dias especiais, durante a semana há sempre cinco itens com desconto especial. Tudo para atrair o público – conta.

O vice-presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, destaca que os dias com promoções especiais sempre existiram, mas que em momentos como este, em que as famílias reveem os gastos, as ofertas têm conquistado um público maior. Diferente de outros momentos, o consumidor final não é mais fiel ao estabelecimento.

– Os consumidores estão presentes em múltiplos canais, pesquisam e procuram ofertas específicas. Há uma perda da fidelização que precisa ser repensada e reconquistada pelos empresários do ramo – conta, ao destacar que com a mudança e o aumento de gastos com energia, por exemplo, o setor teve queda de 3% nos lucros.

Comunicação com cliente é essencial

A aposentada Odete Ramos é uma das blumenauenses que está atenta aos valores das prateleiras e aproveita os dias de promoção para economizar e levar mais itens para casa.

– Tem dias que olho o produto, mas não levo. É preciso ficar atento, a variação é grande de uma semana para outra – conta enquanto leva as frutas que escolheu no Giassi do Victor Konder.

A criatividade e a capacitação fazem a diferença quando os clientes estão com o pé no freio, explica o coordenador regional para o Vale do Itajaí do Sebrae Donizete Borger. Para ele, atrair a atenção do consumidor com uma boa comunicação é essencial:

– O empresário de qualquer área precisa se expor, aparecer. Tem que oferecer um diferencial para ser lembrado.

Se as grandes redes de mercado oferecem grandes promoções, os pequenos precisam priorizar o atendimento. Chamar o cliente pelo nome e conquistá-lo logo na primeira visita ao estabelecimento são essenciais, sugere Borger aos microempresários.

Para o vice-presidente da Acats, Paulo Cesar Lopes, o pequeno empreendedor precisa negociar com o fornecedor e criar parcerias para se manter perante à instabilidade econômica que se reflete desde o primeiro semestre do ano.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
Jornal de Santa Catarina
Busca