Desemprego sobe para 11,6% e atinge 11,8 milhões de brasileiros, aponta IBGE - Política e Economia - Santa

Economia30/08/2016 | 10h19Atualizada em 30/08/2016 | 22h35

Desemprego sobe para 11,6% e atinge 11,8 milhões de brasileiros, aponta IBGE

É a maior taxa de desemprego da série histórica iniciada em 2012

Desemprego sobe para 11,6% e atinge 11,8 milhões de brasileiros, aponta IBGE Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Agência Brasil
Agência Brasil

Em todo o país, a taxa de desemprego fechou o trimestre encerrado em julho  em 11,6%, subindo 0,4 ponto percentual em relação ao percentual do trimestre imediatamente anterior — de fevereiro a abril — que foi de 11,2%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad Contínua), divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta é a maior taxa de desemprego da série histórica iniciada em 2012.

Leia mais
Brasil fechou mais de 94 mil postos de trabalho em julho
Governo Temer pretende criar dois novos tipos de contrato de trabalho
Banco Central eleva estimativa de inflação para 7,34% em 2016

Na comparação com o mesmo trimestre de 2015, quando a taxa foi estimada em 8,6%, o desemprego já acumula alta de 3 pontos percentuais. 

Os dados do IBGE indicam ainda que a população desocupada, de 11,8 milhões de pessoas, cresceu 3,8% na comparação com o trimestre, entre fevereiro e abril de 2016 (11,4 milhões). A elevação corresponde a um aumento de 436 mil pessoas sem emprego em relação ao período anterior.

Com o resultado do trimestre de maio, junho e julho, a população desocupada fechou com crescimento de 37,4%, na comparação com o mesmo trimestre de 2015 — um aumento de 3,2 milhões de pessoas desocupadas.

Brasil tem 90,5 milhões de pessoas empregadas

Os dados indicam que a população empregada no trimestre encerrado em julho era de 90,5 milhões de pessoas, ficando estável quando comparada com o trimestre imediatamente anterior (de fevereiro a abril deste ano), uma vez que os 146 mil postos de trabalho fechados entre um período e outro "não foram estatisticamente significativos".

Em comparação com igual trimestre do ano passado, quando o total de ocupados era de 92,2 milhões de pessoas, foi acusado declínio de 1,8% no número de trabalhadores, aproximadamente, menos 1,7 milhão de pessoas no contingente de ocupados.


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaTRE confirma candidatura de Clésio Salvaro à prefeitura de Criciúma https://t.co/FZTpWvUoAH #LeiaNoSantahá 14 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: parque de diversões volta para a Oktoberfest seis anos depois https://t.co/Mvx9uAcslk #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros