Grupo protesta contra impeachment no Centro de Florianópolis e faz "catracaço" no Ticen - Política e Economia - Santa

Política29/08/2016 | 20h53Atualizada em 29/08/2016 | 22h19

Grupo protesta contra impeachment no Centro de Florianópolis e faz "catracaço" no Ticen

Segundo a PM, 400 manifestantes marcharam pelas ruas da Capital; organizadores falam em 450

Grupo protesta contra impeachment no Centro de Florianópolis e faz "catracaço" no Ticen Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

O protesto contra o impeachment e a favor da permanência de Dilma Rousseff na presidência da República reuniu 400 pessoas, de acordo com a Polícia Militar – 450, segundo os manifestantes –, na tarde desta segunda-feira, 29, em Florianópolis. Os manifestantes percorreram ruas e avenidas do Centro da Capital e, no fim da manifestação, promoveram um "catracaço" no Terminal de Integração do Centro (Ticen), com manifestantes entrando no terminal sem pagar a passagem. 

Protestos contra impeachment reúnem apoiadores de Dilma em capitais
Em nota, Temer diz que debate no Senado gerou "falsas acusações"

A concentração do protesto, convocado pelas redes sociais e organizado pela Rede Fora Temer Floripa – formada por Coletivo Desterro Antifascista, Ocupa MincSC, Brigadas Populares e Contrataque – ocorreu às 18h no Largo da Alfândega. Com faixas, bandeiras e cantos de protesto contra o presidente interino Michel Temer e os apoiadores do impeachment ("Olha que piada, bate panela mas quem lava é a empregada!"), os manifestantes passaram pela rua Deodoro, pela Praça XV de Novembro, rua Anita Garibaldi, Avenida Hercílio Luz, Avenida Mauro Ramos e, de lá, para a Avenida Beira-mar Norte.

Em Florianópolis, Dias Toffoli fala sobre impeachment, mas se nega a comentar delação da OAS

O protesto foi acompanhando pela PM. Por volta das 20h, três faixas da Beira-mar no sentido bairro-Centro foram fechadas pelos manifestantes. Na sequência, os manifestantes subiram a rua Arno Hoeschel, dobraram na Avenida Rio Branco e desceram a Felipe Schmidt em direção ao Largo da Alfândega. 

Em frente ao Terminal de Integração do Centro (Ticen), o grupo passou a protestar em favor do Passe Livre – que pede gratuidade no transporte coletivo – e fez o chamado "catracaço", com manifestantes entrando no terminal sem pagar a passagem de ônibus.


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaTRE confirma candidatura de Clésio Salvaro à prefeitura de Criciúma https://t.co/FZTpWvUoAH #LeiaNoSantahá 14 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: parque de diversões volta para a Oktoberfest seis anos depois https://t.co/Mvx9uAcslk #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros