Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha - Política e Economia - Santa

Linha do tempo12/09/2016 | 17h14Atualizada em 13/09/2016 | 00h05

Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha

Futuro do político começará a ser decidido a partir das 19h

Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha Dida Sampaio/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: Dida Sampaio / ESTADÃO CONTEÚDO

Eduardo Cunha foi considerado o presidente da Câmara mais poderoso das últimas décadas. Réu em duas ações decorrentes da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), afastado do mandato pela Corte e fragilizado pela renúncia à presidência da Câmara, Cunha vê sua antiga base se desmanchar. No fim da noite desta segunda-feira, a Câmara dos Deputados aprovou a cassação do mandato do peemedebista por 450 votos favoráveis, 10 contrários e 9 abstenções.

Entenda o que ocorreu desde que Cunha foi eleito presidente da Câmara:


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaFilmes para ver nesta quarta-feira https://t.co/lU8BN86dzG #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaSC Que Dá Certo encerra primeira edição com resultados positivos e sucesso de público  https://t.co/r7zQlLXXxm #LeiaNoSantahá 5 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros