Diferentes vozes pedem a saída de Temer e novas eleições diretas - Política e Economia - Santa

Expressão06/09/2016 | 23h55Atualizada em 07/09/2016 | 11h26

Diferentes vozes pedem a saída de Temer e novas eleições diretas

O Fora Temer foi o grito mais ouvido ao longo das duas horas e meia de caminhada em Florianópolis

Diferentes vozes pedem a saída de Temer e novas eleições diretas Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
Ângela Bastos

Daniel Silveira, 31 anos, empunhava um faixa onde estava escrito que não queria a volta de Dilma Rousseff. A menos de três metros dele, Guilherme Laus, 17 anos, pulava e gritava Fora Temer. Bem perto do estudante do terceiro ano do Ensino Médio, Marielle Roger, 24 anos, segurava um cartaz pedindo Eleições Já. Motivos diferentes e um objetivo comum uniram os milhares de manifestantes que na noite de ontem estiveram na Avenida Beira-Mar Norte. O Fora Temer foi o grito mais ouvido ao longo das duas horas e meia de caminhada que se iniciou por volta das 19h, no trapiche da Beira Mar Norte, e se encerrou às 22h, nas proximidades do Terminal de Integração do Centro (Ticen).

– Aqui tem branco, negro, mulher, gay, pobre a até gente bem de vida. Estamos todos juntos contra esse governo nascido de um golpe e que não respeita os nossos direitos – disse Rafaela Maciel, estudante de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

VÍDEOS: confira imagens do protesto contra o governo Temer em Florianópolis

Aluna de Pedagogia da Faculdades Estácio de Sá, Katia Rodrigues, 20 anos, diz não gostar de política:

– Eu nunca fui muito ligada em política, principalmente nesse negócio de partidos. Acho que as pessoas podiam ter bandeiras de luta, mas não siglas – opinou.

Ricardo Meleiro trabalha numa loja de celulares num shopping e ontem pediu à chefe para sair mais cedo: queria encontrar com a namorada e seguir para a manifestação:

– A gente quer mostrar para as pessoas que é possível protestar, cantar e dançar sem violência. Uma das nossas armas é o voto, e queremos respeito. Por isso não concordamos com esse governo ilegítimo que não respeita a democracia – defendeu Ricardo.

Um pouco mais tímida, coube a namorada Stefany Corber dizer o que espera do futuro do país:

– Eu não achei justo tirar a Dilma, mas também não gosto de partido envolvido em corrupção. Para mim, o melhor é fazer nova eleição. Mas não só para presidente, para deputados e senado também.

Daiane das Silva, 20 anos, se identificou como feminista. Criticou os primeiros atos do governo, como a falta de representatividade das mulheres, e disse não concordar com atos de repressão e o ou de violências contra as manifestações.

A atriz Luana Raiter repetiu o roteiro dos últimos tempos. Acompanhada do marido e de um dos filhos, com um ano de idade, esteve presente na manifestação. Desde o Ocupa Minc tem sido assim: sempre que pode vai aos protestos que pedem o fim do governo Temer. Trabalhadora da cultura, Luana é eleitora de Dilma e mesmo reconhecendo que não existem chances do retorno, gostaria que Dilma pudesse concluir o mandato. 

– Esse governo Temer não pode mais continuar.

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Laura Nascimento, 22 anos, vinha à frente da manifestação. Não carregava faixas ou cartazes, mas seu skate. 

– A gente não vai sair das ruas enquanto esse governo não cair – avisou.

Ivan Dario, 67 anos, usou de gentilezas durante a manifestação: distribuiu amendoim para os policiais que acompanhavam à distância a passeata. Vendedor de doces numa das esquinas de Florianópolis, ele retornava do trabalho quando encontrou o grupo. Declarando-se de esquerda, mostrou-se contrário ao fato de que "político condenados pela justiça por corrupção tenham cassado uma presidente que não cometeu crime". Mas não acredita na possibilidade de um retorno.

– O Temer não tem legitimidade alguma. A saída para o país voltar ao normal é fazer novas eleições – sugere.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPelo menos dez Estados vão proibir venda de bebidas alcoólicas na eleição; no RS, comércio é liberado https://t.co/QceAhxqeJT #LeiaNoSantahá 9 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDebate entre candidatos, Uber na Capital e mais três coisas para saber nesta sexta-feira https://t.co/MV1sadtcfj #LeiaNoSantahá 37 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros