Partidos políticos: você sabe por que eles existem? - Política e Economia - Santa

Vote Consciente28/09/2016 | 10h37Atualizada em 28/09/2016 | 10h37

Partidos políticos: você sabe por que eles existem?


A maioria dos eleitores pensa diretamente na pessoa dos candidatos quando vai decidir o voto, esquecendo-se que cada um deles representa também um partido político, já que no Brasil não são permitidas as candidaturas avulsas.

Veja também:
Fórum CBN discute corrupção e política
Fecoagro adere à campanha Vote Consciente
Guia especial ajuda o eleitor a votar melhor

Filiar-se a um partido e candidatar-se por meio dele a um cargo eletivo significa que o prefeito ou vereador eleito irá defender as bandeiras e o projeto político-ideológico da sigla à qual pertence. Na teoria, o objetivo do sistema é vincular as ideias de um partido ao candidato, seja ele eleito ou não. 

Mas na prática a realidade é outra: chovem candidatos mudando de partido a cada eleição apenas por conveniência, o que serve para enfraquecer os próprios partidos.

– Durante a campanha, na propaganda, o candidato deveria defender a pauta do partido e seu estatuto, democraticamente aprovado quando se constitui o partido e registrado no TSE. A lógica do programa é vincular a vontade do partido ao eleito. Mas na prática o candidato se coloca acima do partido – afirma o professor do curso de Direito da UFSC Orides Mezzaroba.

Comparar para decidir

Uma das formas de detectar se um candidato está sendo incoerente em sua propaganda é comparar suas propostas com o que diz o estatuto do partido. Essas informações podem ser obtidas nos sites ou nos comitês dos próprios partidos. 

Por exemplo, se um candidato a vereador tem uma proposta que vai contra o pensamento do partido, depois de eleito este representante terá muito mais dificuldade em levá-la adiante, pois não terá sequer o apoio de seus companheiros, que deveriam ser seus aliados.

SOBRE A CAMPANHA

A campanha multimídia Vote Consciente é uma iniciativa liderada pelo Diário Catarinense e pela OAB Santa Catarina, com a adesão dos demais veículos da RBS no Estado, e que tem o objetivo de alertar o eleitor catarinense sobre o papel decisivo de cada um na decisão que sai das urnas.

>> Saiba mais acessando o guia especial Vote Consciente.

Com a proximidade de mais uma eleição municipal, em 2 de outubro deste ano, a campanha bate forte na tecla da responsabilização do eleitor, convocando todos os cidadãos a refletirem sobre a maneira como encaram a política em suas cidades, no Estado e no país.

Participe usando #voteconsciente
Saiba mais em diariocatarinense.com.br/voteconsciente

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 7 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 7 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros