Propaganda eleitoral: muitas regras e o debate enfraquecido - Política e Economia - Santa

Vote Consciente21/09/2016 | 15h41Atualizada em 21/09/2016 | 15h42

Propaganda eleitoral: muitas regras e o debate enfraquecido

Propaganda eleitoral: muitas regras e o debate enfraquecido free images/
Foto: free images

Para exercer melhor seu direito dentro do processo democrático, o eleitor não deve se contentar com a informação que vem até ele, mas buscar outras fontes e também questionar a maneira como as campanhas eleitorais são feitas. Um dos pontos mais polêmicos atualmente é a propaganda eleitoral: por trás de tantas regras minuciosas sobre tamanho de cartaz e colocação de cavaletes está o fato de que o debate é cada vez menos priorizado.

Veja também:
Fórum CBN discute corrupção e política
Fecoagro adere à campanha Vote Consciente
Guia especial ajuda o eleitor a votar melhor

– A propaganda eleitoral precisa da liberdade de manifestação do pensamento e de criação, para ser legítima, ampla e aberta. A legislação eleitoral vem limitando essa possibilidade, invertendo a lógica da liberdade e impondo a lógica da legalidade, ou seja, afirmando que só pode aquilo que estaria autorizado na lei – defende o advogado Ruy Samuel Espíndola, da Comissão de Direito Eleitoral da OAB SC.

Enquanto na teoria essas regras teriam o objetivo de promover uma igualdade mínima de condições aos candidatos, na prática o que acontece muitas vezes é que elas limitam o acesso à informação.

– Esse detalhamento dos regramentos, que descem a minúcias quase irracionais, como o tamanho de cartazes, posição de cavaletes, mostra, a meu ver, uma regressão de valores no debate democrático. Isso não contribui para elevação do debate eleitoral, ao contrário, o engessa, o trava – complementa Espíndola.

Por isso, o eleitor não deve decidir seu voto apenas com base nas informações que lhe são ofertadas, pois é claro que na televisão e nos panfletos, cada candidato irá apenas expor sua melhor faceta. Para um voto consciente, é fundamental procurar dados alternativos, na internet, nos jornais ou tribunais eleitorais.

SOBRE A CAMPANHA

A campanha multimídia Vote Consciente é uma iniciativa liderada pelo Diário Catarinense e pela OAB Santa Catarina, com a adesão dos demais veículos da RBS no Estado, e que tem o objetivo de alertar o eleitor catarinense sobre o papel decisivo de cada um na decisão que sai das urnas.

>> Saiba mais acessando o guia especial Vote Consciente.

Com a proximidade de mais uma eleição municipal, em 2 de outubro deste ano, a campanha bate forte na tecla da responsabilização do eleitor, convocando todos os cidadãos a refletirem sobre a maneira como encaram a política em suas cidades, no Estado e no país.

Participe usando #voteconsciente
Saiba mais em diariocatarinense.com.br/voteconsciente

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem recebe 11 tiros dentro do carro e morre na zona Leste de Joinville https://t.co/OMcLS0xahp #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMulher morta em acidente com trem em New Jersey é brasileira https://t.co/1aN4le1bkt #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros