Candidato que perdeu prefeitura por um voto pede anulação da eleição em Pescaria Brava - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Eleições 201607/10/2016 | 15h41Atualizada em 07/10/2016 | 15h41

Candidato que perdeu prefeitura por um voto pede anulação da eleição em Pescaria Brava

Coligação alega que pelo menos uma pessoa que já morreu teria tido voto computado na eleição de domingo

O candidato Antonio Honorato (PSDB) e a coligação Pescaria Brava no Rumo Certo (PSDB-PR) pediram à Justiça Eleitoral a anulação da eleição para prefeito na cidade de Pescaria Brava, no Sul de Santa Catarina. O pedido se baseia na alegação de que pelo menos uma pessoa que já morreu teria tido seu voto computado na escolha do prefeito da cidade no último domingo. A eleição em Pescaria Brava foi decidida por apenas um voto, e Honorato ficou em segundo lugar.

– Foi feito um pedido de verificação sobre pessoas que não estariam aptas a votar a teriam votado (na eleição de domingo). O pedido ainda não foi analisado, ainda não foi juntada nenhuma documentação. A análise deve ser feita a partir de segunda-feira – explicou a analista judiciária da 20ª Zona Katiucy Besen Pedroso Pacheco.

O pedido foi encaminhado na última quinta-feira ao Cartório Eleitoral da 20ª Zona Eleitoral, que responde pela região. Por enquanto, não há qualquer investigação aberta para averiguar a denúncia feita pela coligação. A partir de segunda-feira, o pedido será enviado ao juiz eleitoral Paulo da Silva Filho, que decidirá pela abertura ou não de investigação para o caso.

Leia mais notícias sobre as Eleições 2016
37 cidades de SC tiveram eleição decidida por menos de 100 votos

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPrefeitura de Florianópolis possui todas as certidões negativas federais https://t.co/RB5s3knpjj #LeiaNoSantahá 7 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCarolina Bahia: a turma do jogo duplo  https://t.co/MsjqZJcXkS #LeiaNoSantahá 7 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca