Ex-prefeito, Ciro Roza elege herdeiro em Brusque - Política e Economia - Santa

Eleições 201603/10/2016 | 01h17

Ex-prefeito, Ciro Roza elege herdeiro em Brusque

Subsitituto de Roza, que desistiu da candidatura, Dr. Jonas Paegle fez 40% dos votos válidos

Ex-prefeito, Ciro Roza elege herdeiro em Brusque Aline Camargo/Agencia RBS
Dr. Jonas (à direita, de camisa escura), herdeiro da candidatura de Ciro Roza (à esquerda) é o prefeito eleito de Brusque, com 40% dos votos válidos Foto: Aline Camargo / Agencia RBS

Com festa que fechou a principal rua da cidade e banho de cerveja, Brusque comemorou muito a vitória de Jonas Paegle (PSB), o Dr. Jonas. Herdeiro da candidatura de Ciro Roza (PSB), que renunciou logo no início da campanha eleitoral. Paegle e o vice, Ari Vequi (PMDB), chegaram ao Centro por volta das 19h30min na carroceria de uma caminhonete, acompanhados de Roza e saudados pelo povo que já não deixava que nenhum outro veículo passasse pelo local. Até mais do que Paegle, Roza era ovacionado pelos eleitores.

Os primeiros votos começaram a chegar no cartório eleitoral de Brusque por volta das 17h30min e já nas primeiras parciais a candidatura de Paegle se distanciou dos adversários. Antes das 19h o resultado já era conhecido pela cidade. A dupla Paegle e Vequi recebeu 25.171 votos, número que os elegeu com 40,47% dos votos válidos. O segundo colocado, Jones Bósio (DEM), fez 18,40% dos votos válidos, 11.447 votos nas urnas.

Paegle, que acompanhou a apuração em casa junto da família, encontrou-se com correligionários somente após a divulgação do resultado. Juntos, eles seguiram em carreata para o Centro, entraram pela contra-mão da avenida e foram recebidos com festa e emoção pela população que aguardava com bandeiras e carros de som que mesclavam jingles de Paegle e Roza, dando o tom da festa. Roza, inclusive, foi o primeiro a falar:

— Brusque tem pressa de uma série de ações e com essa coligação nós procuramos os melhores caminhos para que a partir de 2017 Brusque possa viver um novo momento, da prosperidade, da geração de emprego, da garantia da permanência dos nossos filhos no convívio familiar.

Na sequência, Paegle agradeceu o apoio dos eleitores, que fizeram a eleição possível mesmo com a candidatura apresentada já durante a campanha:

— É um momento de alegria agora. Quero agradecer o pessoal que me apoiou, a nossa equipe, ao vice Ari Vequi, ao Ciro Roza. Eu não era candidato a prefeito até 20 dias atrás, passei a ser candidato a vereador e depois a prefeito. Eu venci, a batalha foi grande e deu certo, e em 2017 nós vamos ter uma grande administração em Brusque.

Prefeito eleito terá de buscar maioria na Câmara

A pulverização das candidaturas em Brusque – foram sete nomes na disputa para prefeito – já criava de forma antecipada um cenário imprevisível no resultado da Câmara de Vereadores.

Eleito com cerca de 40% dos votos, Jonas Paegle (PSB), o Dr. Jonas, terá, de início, apenas quatro parlamentares na base de apoio governista – Gerson Luiz Morelli, o Kéka, e José Zancanaro, ambos do PSB, e Deivis Júnior e Joaquim Costa, do PMDB. Todos os demais 11 vereadores são de legendas que apoiaram outros candidatos a prefeito.

A expectativa, a partir de agora, é de qual será o tom da conversa que a equipe do prefeito eleito terá com o restante dos parlamentares para garantir maioria na Câmara.
A variedade de nomes na disputa para o Executivo acabou criando, também, uma situação inusitada no Legislativo. No total, nove partidos estão representados nas 15 cadeiras do parlamento municipal. PSB, PMDB, PSD, PP, PRP e DEM emplacaram dois vereadores cada. Já PSDB, PEN e PT conquistaram uma cadeira cada.

Vereadores eleitos em Brusque (15):

Dr. Lima (PSDB) - 1.929
Kéka (PSB) - 1.718
Prof. Zancanaro (PSB) - 1.359
Jean Pirola (PP) - 1.322
Paulinho Sestrem (PRP) - 1.250
Deivis Junior (PMDB) - 1.184
Ivan Martins (PSD) - 1.159
Prof. Rogério dos Santos (PSD) - 1.151
Joaquim Costa Manico (PMDB) - 1.059
Cleiton Bittelbrunn (PRP) - 975
Ana Helena Boos (PP) - 898
Marcos Deichmann (PEN) - 897
Dr. Celso (DEM) - 674
Leo (DEM) - 636
Tuta (PT) - 599

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 2 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 2 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros