Moacir Pereira: "Eleições, o balanço dos líderes" - Política e Economia - Santa

Opinião04/10/2016 | 10h37

Moacir Pereira: "Eleições, o balanço dos líderes"



Durante encontro no domingo à noite, já em Florianópolis, o governador Raimundo Colombo reuniu alguns assessores para avaliar as eleições. Comemorava ainda a vitória de Antônio Ceron, o novo prefeito de Lages. Em sua região eleitoral, o PSD obteve vitórias em cinco dos 18 municípios. Além disso, seu partido disputa o segundo turno em Joinville e Blumenau, e na Capital está aliado a Angela Amin.

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira tinha uma expectativa melhor para o PMDB. Mas elegeu 98 prefeitos e continua sendo o maior partido do Estado. Contudo, perdeu feio em Criciúma, mesmo aliado ao PP; e em Tubarão, com a vitória de Joares Ponticelli (PP) sobre Carlos Stüpp, do PSDB, apoiado pelo PMDB; e o revés de Ademir Matos, em Braço do Norte, derrotado por Roberto Marcelino (PSD), o Beto. Compensou em Içara, 25º colégio eleitoral, com a vitória de seu candidato Murialdo Gastaldon.

O presidente da Assembleia, Gelson Merisio, teve motivos para celebrar. Seus candidatos venceram em Xaxim, onde nasceu; em Xanxerê, onde iniciou carreira; e em Chapecó, onde tem residência e domicílio eleitoral, e estão no páreo nos três municípios onde há segundo turno.

Em situação delicada ficou o presidente estadual do PMDB, deputado Mauro Mariani. Saiu-se bem em Joinville, onde tem domicilio eleitoral, mas o PMDB não foi bem no Planalto Norte. Seus candidatos perderam em Canoinhas (elegeu-se Beto Passos, do PSD), Rio Negrinho (ganhou Júlio Ronconi, do PSB), Porto União (vitória de Eliseu Mibach, do PSDB) e São Bento do Sul (venceu Magno Bollmann, do PP).

O PP, presidido pelo deputado Esperidião Amin, perdeu em Itajaí, mas conquistou Tubarão, além de manter 46 municípios. E vai disputar o segundo turno em Florianópolis. O senador Dário Berger (PMDB) foi ignorado por Gean Loureiro, e seus candidatos sofreram derrotas em São José, Palhoça e Biguaçu.

Estes líderes partidários jogam agora todas as fichas no segundo turno em Florianópolis, Joinville e Blumenau.

O recordista

Campeão de votos no Estado, Pedro Silvestre (PP), o Pedrão, de Florianópolis, atribuiu o desempenho ao trabalho permanente de contato com os eleitores, à transparência total de suas atividades na Câmara e aos contatos diretos com a população. Com ficha limpa e biografia exemplar, chega aos 29 anos com horizonte promissor.

Os maiores

Entre os 30 principais municípios de Santa Catarina, o PSD elegeu dez prefeitos; o PSDB conquistou seis prefeituras; cinco ficarão com o PMDB; outras três com o PP; e também três com o PSB. PMDB, PSD, PSDB e PP estão no páreo agora na disputa de segundo turno. O resultado dirá qual deles sai mais forte dos pleitos municipais no Estado.

Derrotados

O prefeito de Balneário Rincão, Décio Góes (PT), sofreu revés no domingo e não conseguiu se reeleger. Foi derrotado pelo comerciante Jairo Celoy Custódio (PMDB). O PT teve outro sofrível desempenho em Criciúma, onde plantou as primeiras sementes em Santa Catarina sob a presidência do advogado Milton Mendes de Oliveira. O candidato Fábio Brezola (PT) ficou em terceiro lugar, com apenas 10,87%. E, inédito, o partido não elegeu um único vereador.

Nova disputa

O deputado Gean Loureiro (PMDB) já anunciou a estratégia do segundo turno em Florianópolis. Vai colar a imagem de Angela Amin (PP) ao prefeito Cesar Souza (PSD). O deputado João Amin contesta, dizendo que Loureiro é que representa o continuísmo. E acrescenta: "Agora é uma nova eleição. Gean tem 198 descontentes, os candidatos que não se elegeram. Alguns, insatisfeitos, já nos ligaram oferecendo apoio".

Recurso

Está subindo nesta semana ao Tribunal Superior Eleitoral o recurso do procurador regional eleitoral Marcelo da Mota contra decisão do TRE que garantiu o registro da candidatura de Clésio Salvaro (PSDB). A procuradoria considera ilegal o registro, alegando que Salvaro foi reeleito por ter ocupado a Prefeitura por 42 dias. Salvaro se declara tranquilo com o julgamento do recurso contra ele no TSE, em Brasília.

Apufsc elege

Marcada para quarta e quinta-feira, em todo o Estado, a eleição da nova diretoria da Apufsc — Sindical. Duas chapas estão inscritas. A de situação, intitulada Dedicação e Transparência, liderada pelo professor Wilson Erbs, o atual presidente, e a de oposição, denominada Retomando Rumo: Nova Apufsc, presidida pelo professor Rogério Portanova. O processo, pela primeira vez, será eletrônico.

Controle

Presidente do TRESC, desembargador Cesar Abreu, acompanhou com o juiz eleitoral Davidson Jahn Mello e outros integrantes do tribunal todos os episódios registrados no domingo numa central de eleições. Monitores atualizavam tudo com dados e ilustravam o mapa de Santa Catarina. Um conselho de segurança eleitoral compartilhou informações entre as polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária em grupo do WhatsApp.

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros