Pedro Machado: Napoleão Bernardes e a estratégia da comparação - Política e Economia - Santa

Opinião09/11/2016 | 20h43

Pedro Machado: Napoleão Bernardes e a estratégia da comparação

Durante a entrevista coletiva em que anunciou a ampliação das férias coletivas do funcionalismo público em uma semana neste ano, numa medida de contenção de gastos, o prefeito Napoleão Bernardes também revelou que vai manter a política de salários reduzidos no Executivo blumenauense pelo menos até junho de 2017.

Em outubro do ano passado, época em que a crise começou a apertar com mais força o orçamento dos municípios, o tucano anunciou corte de 15% nos próprios vencimentos. Secretários e comissionados também tiveram desconto na folha. A medida tem gerado uma economia mensal de R$ 400 mil, segundo o secretário de Administração Anderson Rosa.

:: Leia mais informações de Pedro Machado

Vale lembrar que Napoleão não foi o único a anunciar medidas deste tipo naquela época. Várias prefeituras da região fizeram o mesmo. Aliás, nesta quarta-feira o prefeito voltou a destacar a situação de equilíbrio financeiro de Blumenau em relação a cidades vizinhas. Garantiu que não haverá interrupção de serviços básicos à população e que o salário dos servidores, incluindo o reajuste acertado com o Sintraseb e a segunda metade do 13º, serão pagos em dia e de uma só vez – afirmação feita a partir da situação de Itajaí, que cogita efetuar o pagamento de modo parcelado.

Ao apontar problemas comuns enfrentados por outros estados e municípios, reiterando que o cenário em Blumenau é melhor – ou menos pior –, Napoleão tenta transmitir uma imagem de austeridade e de responsabilidade com o dinheiro público. Com menos recursos em caixa para realizar obras vistosas, o prefeito se apega à estratégia da comparação no processo de construção da figura de gestor eficiente.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros