Porto de Itajaí volta a crescer em movimentação de contêineres - Política e Economia - Santa

Economia22/11/2016 | 11h18Atualizada em 22/11/2016 | 11h18

Porto de Itajaí volta a crescer em movimentação de contêineres

Pelo segundo mês consecutivo, resultado foi positivo

Foto: Lucas Correia / Agencia RBS

Depois de mais de um ano colecionando prejuízos, o Porto de Itajaí voltou a crescer pelo segundo mês consecutivo. Em outubro a APM Terminals, arrendatária do terminal, teve aumento de 21% no total de TEUs movimentados (medida que equivale a contêineres de 20 pés) e dobrou o número de escalas de navios em relação a outubro do ano passado.

Em setembro a movimentação já havia crescido 26%. Os bons números são resultado de um incremento nas exportações – a média de contêineres cheios embarcados no terminal em setembro e outubro é quase 30% maior do que a dos meses anteriores. São de mais de 8,8 mil TEUs, contra 6,8 mil TEUs de exportação entre janeiro e agosto.

O envio de carne congelada para o exterior, de empresas como BRF, JBS e Aurora, foi o responsável por turbinar as operações.

 Os resultados da Portonave, em Navegantes, também são positivos. O porto teve um aumento de 41% na movimentação de TEUs, com 85,6 mil contêineres em outubro, e aumentou em 50% o número de atracações em relação a outubro de 2015. No acumulado do ano, a movimentação aumentou 38%.

Nesse quesito, Itajaí ainda está em desvantagem: acumula movimentação 42% menor do que de janeiro a outubro do ano passado.

O Complexo Portuário do Itajaí já movimentou este ano US$ 9,9 bilhões, que correspondem a 67% do comércio exterior no Estado. Os oito terminais em Itajaí e Navegantes que integram o complexo somam 11% de acréscimo nos 10 primeiros meses do ano. A estimativa é fechar 2016 com 1,1 milhão de TEUs – a maior movimentação da história.

Bacia de evolução

O governador Raimundo Colombo (PSD) disse na segunda-feira, em passagem por Itajaí, que vai tratar novamente das obras da nova bacia de evolução do Complexo Portuário, nesta terça, em Brasília. Segundo ele, há um compromisso do governo federal em assumir os R$ 22 milhões necessários para as obras de contenção. Uma estrutura terá que ser construída para proteger o trabalho que já foi feito da força das águas até que haja recursos para a segunda etapa da obra.

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPedro Machado: a Chapecoense é uma unanimidade https://t.co/w9WYf5SyKn #LeiaNoSantahá 6 diasRetweet
  • santacombr

    santacombr

    Santa"Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguirá calar a Justiça", reage Cármen Lúcia https://t.co/JZDSmNAMoY #LeiaNoSantahá 6 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros