Lojas lançam promoções para eliminar estoques e aquecer vendas de fim de ano - Política e Economia - Santa

Livre Mercado 28/12/2016 | 07h41

Lojas lançam promoções para eliminar estoques e aquecer vendas de fim de ano

Ações incluem descontos especiais, parcelamentos estendidos e sorteios de prêmios

A Fecomércio planeja divulgar na próxima semana os resultados das vendas de fim de ano em Santa Catarina, em especial, as ocorridas na semana do Natal. Contudo, alguns indicadores nacionais já mostram que houve queda nas vendas na comparação com 2015.

Antes do Natal, os varejistas previam um desempenho bastante negativo, o segundo pior em mais de dez anos, só perdendo para o de 2015. Na prática, o tombo foi menor.
Na semana do Natal, as vendas recuaram 4% em relação a igual período de 2015, segundo a Serasa Experian, empresa especializada em informações financeiras. Em 2015, a queda havia sido de 6,4% na comparação com 2014.

Os dados do SPC Brasil, que acompanha as vendas a prazo, também mostram uma retração menor. Neste ano, o recuo na semana do Natal foi de 1,46% em relação ao mesmo período de 2015, quando o volume de negócios a prazo caiu 15,84%

– Tem uma boa e uma má notícia nesse resultado. A má notícia é que foi mais um ano de retração, e a boa notícia é que essa retração foi menos acentuada – diz a economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Em Joinville, algumas redes varejistas adotaram promoções especiais para desovar seus estoques de fim de ano. Uma delas foi a Valdir Móveis, que concedeu descontos de até 70% para produtos do mostruário na segunda-feira e terça-feira.

Nas Lojas Koerich, a ação Portas Abertas se estenderá até o dia 7 de janeiro e os descontos são progressivos e variados, dependendo da linha de produtos. Além disso, o cliente pode aproveitar e trocar seus cupons para o sorteio de quatro veículos na próxima semana. A Ricardo Eletro (antiga Salfer) lançou a liquidação Eu Vi Primeiro, com produtos a preços especiais e condições de pagamento em prazos estendidos.

Sem restrição
O Diário Oficial da União desta terça-feira trouxe a publicação da medida provisória 764, que autoriza a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado. A medida torna nula cláusula contratual que proíba ou restrinja tal diferenciação de preços. A permissão de preços diferentes para pagamento no cartão de crédito ou à vista foi um dos pontos do pacote de medidas microeconômicas anunciado pelo governo no dia 15 de dezembro.

Novo aumento dos combustíveis
No dia 1º de janeiro, deve haver um novo aumento dos combustíveis. É o que projeta o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipretro), Reinaldo Francisco Geraldi. Segundo ele, desta vez, o reajuste ocorrerá por causa do aumento da pauta fiscal do governo do Estado, definida no último dia 16. Nela, o governo faz a “média” pelo maior valor das bombas. Com a elevação do imposto, os preços sobem para revendedores e para consumidores. No início de dezembro, a Petrobras decidiu elevar o preço nas refinarias do diesel, em 9,5%, e da gasolina, em 8,1%.

Obras na Udesc
Avançam no campus da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) de Joinville as obras para a construção do bloco que irá integrar o Centro de Ciências Tecnológicas. O novo prédio terá 7,5 mil metros quadrados de área e serão investidos R$ 12 milhões. Segundo Theo Augusto Guardiano, engenheiro da Udesc, toda a parte de infraestrutura e de fundação foi concluída.

Agora, está sendo iniciada a parte de superestrutura, os pilares do bloco. O prédio vai agregar ensino, pesquisa e área de vivência. Um andar será dedicado à biblioteca e outro, a um auditório para 200 pessoas. Os laboratórios, salas de aula e de pesquisa serão distribuídos em mais quatro andares.

Novo comando
A Multilog, empresa que mantém um centro logístico e industrial aduaneiro em Joinville, terá novo comando a partir de 1º de janeiro. Djalma Vilela assume a presidência e Valério Gomes Neto fica à frente do conselho de administração da empresa. Com a mudança, o grupo avança no processo de profissionalização e no amadurecimento da governança corporativa.

Comércio fecha no fim de semana
O comércio de rua de Joinville estará fechado nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. O atendimento voltará ao normal apenas na segunda-feira. O acordo assinado entre os sindicatos patronal (Sindilojas) e de empregados (comerciários) englobou os shopping centers. No sábado e domingo, as lojas dos shoppings não abrirão, retomando o atendimento na segunda-feira, das 10 horas às 22 horas.


*********************************************************************************************
* O colunista Claudio Loetz está de férias e volta a escrever neste espaço no dia 10 de janeiro. Sugestões de notas e reportagens no período de ausência do colunista podem ser enviadas para o jornalista Jean Balbinotti pelo e-mail jean.balbinotti@an.com.br ou pelo telefone (47) 3419-2147.


A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Livre Mercado  11/11/2016 | 22h41

Loetz: GM pede licenciamento para nova fábrica capaz de gerar 449 vagas em Joinville

Expectativa é que obras da nova unidade levem dez meses

Livre Mercado 27/01/2016 | 17h27

General Motors dará férias coletivas a todos os funcionários de Joinville

A capacidade de produção da fábrica joinvilense é de 120 mil motores e de 200 mil cabeçotes por ano

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPolícia britânica prende quinta pessoa ligada a atentado de Manchester https://t.co/pcR1tdtRjY #LeiaNoSantahá 20 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaBlog do Pancho: Havan marca data de inauguração da loja de Indaial https://t.co/N1BpqRntFRhá 39 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros