Mesmo com alta do feijão, preço da cesta básica em Blumenau cai em dezembro - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Coluna Pedro Machado10/01/2017 | 11h45

Mesmo com alta do feijão, preço da cesta básica em Blumenau cai em dezembro

Além do grão, óleo de soja e açúcar também registraram alta no último mês de 2016

Mesmo com alta do feijão, preço da cesta básica em Blumenau cai em dezembro Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Feijão é o item que registrou a maior alta no preço na cesta básica de Blumenau em dezembro de 2016 Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS


O ingrediente mais popular da mesa brasileira é também o que ficou mais caro na cesta básica de Blumenau em dezembro. A pesquisa feita pelo Instituto Furb apontou que o feijão teve alta de 11,19%, a maior entre os produtos que compõem a lista pesquisada. Vilões da dieta, o óleo de soja e o açúcar também ajudaram a elevar o preço da seleção de itens essenciais, com aumentos de 5,01% e 1,04%, respectivamente.

::: Leia mais notícias de Economia

O custo total atual da cesta básica é de R$ 348,67 e, mesmo com os aumentos em determinados produtos, o valor geral teve redução. Em comparação com novembro a queda foi de 4,78% e nos últimos 12 meses, a baixa acumulada é de 3,17%. Com isso, e considerando o reajuste do salário mínimo em janeiro para R$ 937, a relação entre o custo da cesta básica e o valor do salário melhorou. Foi de 45,7% no mesmo período do ano passado para 39,6% agora.

::: Leia outras informações da coluna de Pedro Machado

O Índice de Variação de Preços (IVGP), uma espécie de inflação da cidade e que também é pesquisado pelo Instituto Furb, registrou variação de 0,29% entre 1º e 31 de dezembro de 2016, e acumulado de 7,52% nos últimos 12 meses. De acordo com a análise do Instituto o índice ficou próximo do cenário projetado como otimista para o segundo semestre do ano passado, que seria de 7,15%. O IVGP avalia 580 itens distribuídos em 25 subgrupos. No último mês as principais altas registradas foram no fumo (3,51%), autopeças (2,55%) e alimentos semi-industrializados (1,82%). Os destaques das baixas foram os alimentos in-natura (-0,91%), produtos de panifício (-0,60%) e materiais de construção (-0,48%).


*O colunista Pedro Machado está de férias.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Blumenau

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaFacebook, Microsoft, Twitter e YouTube criam fórum mundial contra terrorismo https://t.co/uASGC5xPPI #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEUA exorta China a dar 'liberdade de movimento" a nobel Liu Xiaobo https://t.co/kMBCQgcUtc #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros