Pedro Machado: Blumenau terá semana de incentivo ao ensino do alemão - Política e Economia - Santa

Economia16/02/2017 | 08h01

Pedro Machado: Blumenau terá semana de incentivo ao ensino do alemão

Proposta é promover o aprendizado da língua como um diferencial competitivo

Pedro Machado: Blumenau terá semana de incentivo ao ensino do alemão Eraldo Schnaider/Secom,Divulgação
Na visita à cidade, o embaixador Georg Witschel (D) conversou com o prefeito Napoleão Bernardes Foto: Eraldo Schnaider / Secom,Divulgação

Blumenau vai realizar entre abril e maio uma semana de promoção do ensino de alemão, com ações voltadas à importância do domínio da língua como uma vantagem competitiva da economia local. A data e detalhes da programação ainda serão definidos. A proposta nasceu de uma sugestão do embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, que se reuniu nesta quarta-feira com o prefeito Napoleão Bernardes.

:: Leia mais notícias do colunista Pedro Machado

Há cerca de cinco meses no cargo – coincidentemente assumiu em 2 de setembro do ano passado, data do aniversário da cidade –, Witschel está em Santa Catarina pela primeira vez. Chegou terça em Florianópolis, passou quarta por Blumenau e vai a Joinville nesta quinta-feira.

Na passagem pelo Vale, Witschel foi recebido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. Em evento para associados e empresários em Blumenau na quarta pela manhã, o embaixador destacou os diferenciais de Santa Catarina na atração de empresas – mão de obra qualificada e boa infraestrutura de trânsito e comunicação, na comparação com a média.

Também ressaltou que, apesar das crises política e econômica e, mais recentemente, da segurança pública, os germânicos continuam interessados em investir e estabelecer parcerias estratégicas com o país, principalmente em função do potencial de consumo.

Witschel chegou a comparar a relação dos dois países a um casamento, que deve ser mantido “em tempos bons e ruins”. Apesar dos elogios, o embaixador criticou o chamado “custo Brasil” (“é um país caro”) e reiterou a necessidade das reformas estruturantes (sobretudo a tributária e a trabalhista), além do combate à corrupção.

— A corrupção é um dos piores obstáculos para a construção de uma sociedade moderna e próspera.

Calor e convite

Ao receber os primeiros cumprimentos de Napoleão, na entrada da área de eventos do Restaurante Moinho do Vale, o embaixador fez referência a algo que os blumenauenses conhecem (e sofrem) bem: o forte calor. A sensação térmica na cidade chegou a passar dos 37° C ontem. Mais tarde, em conversa reservada, Witschel manifestou a vontade de conhecer a nossa Oktoberfest. O convite informal já foi feito.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaOito pessoas são presas por propinas da Odebrecht na República Dominicana https://t.co/di1HORGw6O #LeiaNoSantahá 9 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaApae de Florianópolis suspende transporte por falta de repasses https://t.co/6R797l2Cua #LeiaNoSantahá 9 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros