Pedro Machado: Eisenbahn e outras gigantes não participarão do Festival Brasileiro da Cerveja - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Lazer01/02/2017 | 08h03

Pedro Machado: Eisenbahn e outras gigantes não participarão do Festival Brasileiro da Cerveja

Pedro Machado: Eisenbahn e outras gigantes não participarão do Festival Brasileiro da Cerveja  Daniel Zimmermann/Divulgação
Foto: Daniel Zimmermann / Divulgação

Será no mínimo estranho não encontrar a Eisenbahn no Festival Brasileiro da Cerveja de 2017, que ocorre em março em Blumenau. A exclusão da tradicional marca se deve a um acordo feito já no ano passado entre a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal e o Parque Vila Germânica.

:: Leia mais informações de Pedro Machado

Pelo trato, o evento será exclusivo para microcervejarias, deixando de fora importadoras, distribuidoras e os quatro maiores grupos fabricantes da bebida no país – Ambev, Petrópolis, Heineken e Brasil Kirin, esta última dona da Eisenbahn.

Outra consequência do acordo: a decoração das paredes da Vila, que ostentam grandes logomarcas da Eisenbahn, será coberta durante a realização do festival. O secretário de Turismo, Ricardo Stodieck, esclarece que as mudanças não são definitivas. Ao final da edição deste ano elas serão avaliadas.

Origem resgatada

A saída das gigantes do setor – que, claro, torceram o nariz para a decisão – de certa forma resgata a origem do festival, criado especialmente para difundir os pequenos produtores de cerveja. O evento já sofreu um baque com a exclusão das caseiras em 2013, em função de falta de registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A presença de multinacionais, alegam as microcervejarias, cria um ambiente desigual. No ano passado chegou a ocorrer um protesto no último dia do festival contra a abertura do Eisenbahn Biergarten para uso exclusivo da Brasil Kirin. O espaço acabou ficando fechado.

Apesar do atrito à época, o diretor da Abracerva, Rodrigo Pinto Flor, classifica o incidente como um “deslize”, ressaltando a postura “parceira e amigável” da organização em rever a programação e abrir um canal franco de diálogo com as microcervejarias. No fim, tudo resolvido com uma boa conversa, como deve ser.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros