Proposta tenta reduzir recesso de quase dois meses na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú - Política e Economia - Santa

Versão mobile

 

Política07/02/2017 | 15h00Atualizada em 07/02/2017 | 15h00

Proposta tenta reduzir recesso de quase dois meses na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú

Ideia do vereador Ademar Bola é diminuir de 56 para 37 dias de férias

Uma proposta de alteração no regimento interno da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú pode reduzir de 56 para 37 dias o período de recesso parlamentar. O projeto é do vereador Ademar Bola Pereira (PSDB), que está em busca de assinaturas para oficializar o pedido.

Por enquanto, tem o apoio de Moacir Schmidt (PSDB), Arlindo Cruz (PMDB) e Patrick Machado (PDT). O vereador precisa de assinaturas equivalentes a um terço das 19 cadeiras para que o projeto possa caminhar e chegar à votação.

Atrasos

Bola, que já foi vice-prefeito de Balneário Camboriú na gestão Rubens Spernau (PSDB), diz que sentiu na pele o quanto a demora no início das sessões empaca a administração pública.

O fato é que vereadores terem o dobro de férias de um trabalhador comum não pega nada bem. Especialmente neste momento, quando o cidadão parece estar mais atento aos excessos na política.

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPolícia Civil prende quatro dos cinco envolvidos no assassinato de médico em Timbó https://t.co/AZIHrny2BY #LeiaNoSantahá 22 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCorpo de médico desaparecido desde sábado passado em Timbó é localizado  https://t.co/z02JpmorI6 #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca