Fazenda confirma anúncio de corte no Orçamento para esta quarta-feira - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Recursos da União28/03/2017 | 17h23Atualizada em 28/03/2017 | 17h24

Fazenda confirma anúncio de corte no Orçamento para esta quarta-feira

Estimativa é de que faltam R$ 58 bilhões nos cofres da União para atingir a meta de superávit primário prevista para este ano

Fazenda confirma anúncio de corte no Orçamento para esta quarta-feira Antônio Cruz/Agência Brasil
Possível aumento de tributos está sendo analisado por Meirelles para cobrir rombo no Orçamento Foto: Antônio Cruz / Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil

As medidas de corte no Orçamento e de possíveis aumentos de tributos será feito nesta quarta-feira pelos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira. 

No fim da tarde desta terça-feira, Meirelles recebe Oliveira para analisarem as estimativas de receitas do governo e darem a palavra final sobre as medidas. O encontro chegou a ser cancelado, mas retornou à agenda do ministro da Fazenda.

Leia mais
Orçamento deve sofrer supercorte de até R$ 65 bilhões
Para fechar meta, Planalto avalia elevar impostos
Temer sanciona LDO de 2017 com vetos

Na segunda-feira, Meirelles havia dito que a equipe econômica e a Advocacia-Geral da União (AGU) ainda estão avaliando o impacto nas receitas de processos judiciais e da mudança no sistema de pagamento de precatórios (dívidas pagas pelo governo sob ordem judicial) para definir a data do anúncio.

O ministro ressaltou que o prazo legal para o decreto de contingenciamento (bloqueio de gastos não obrigatórios) a ser publicado no Diário Oficial termina nesta quinta-feira. Dessa forma, o anúncio pode ser feito até quarta-feira sem descumprimento dos prazos legais.

Na semana passada, Meirelles e o ministro do Planejamento anunciaram que o Orçamento tem uma diferença de R$ 58,2 bilhões em relação ao necessário para cumprir a meta de déficit primário (resultado negativo sem pagar os juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões. O montante, segundo o ministro, será parcialmente coberto por meio do contingenciamento, da arrecadação com decisões judiciais que sairão esta semana e de possíveis aumentos de tributos.

Leia as últimas notícias de Política

*Agência Brasil

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaVárias multinacionais sofrem ciberataque mundial https://t.co/0Wf6JZa7vH #LeiaNoSantahá 21 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEUA incluem China em sua lista negra do tráfico de pessoas https://t.co/1iR0LBqt29 #LeiaNoSantahá 30 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros