Falta de sardinhas na costa de SC impulsiona importação nas indústrias enlatadoras - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Economia17/04/2017 | 12h41Atualizada em 17/04/2017 | 17h22

Falta de sardinhas na costa de SC impulsiona importação nas indústrias enlatadoras

Safra é considerada a pior dos últimos cinco anos

Falta de sardinhas na costa de SC impulsiona importação nas indústrias enlatadoras Lucas Correia/Agencia RBS
Foto: Lucas Correia / Agencia RBS

A falta de sardinhas na costa catarinense obrigou as indústrias de processamento a recorrerem para a importação. As empresas calculavam que pelo menos metade da matéria-prima usada neste ano seria brasileira. No entanto, a quantidade de sardinhas que chegou às indústrias não alcançou ainda 600 toneladas. Até agora, 95% do pescado utilizado na safra nacional veio da costa africana e do Oriente Médio. 

O problema é que, com a expectativa de uma boa safra local, o estoque de importação foi reduzido e as empresas agora correm atrás de peixes de fora para não paralisar a indústria. Na Gomes da Costa, em Itajaí, a maior enlatadora de pescados do país, a falta de sardinhas já chegou a frear o volume de produção.

Ivan Füchter, diretor industrial da empresa, diz que até 2014, 70% do produto utilizado pela empresa era nacional e 30% importado. No ano passado, os percentuais inverteram. Mas esperava-se que esta safra seria acima da média no país. A empresa reforçou, inclusive, o número de trabalhadores no processamento.

A crise na pesca não reduziu a força de trabalho na indústria, até porque a estimativa da Gomes da Costa é fechar o ano com 65 mil toneladas de sardinhas enlatadas. Entretanto, a necessidade de utilizar o pescado importado pode aumentar o preço do produto nos supermercados.

A sardinha de importação custa 35% mais para a indústria. A tendência é que parte desse percentual seja repassado para o consumidor final a partir de maio.

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaVárias multinacionais sofrem ciberataque mundial https://t.co/0Wf6JZa7vH #LeiaNoSantahá 24 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEUA incluem China em sua lista negra do tráfico de pessoas https://t.co/1iR0LBqt29 #LeiaNoSantahá 33 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros