Governo do Amazonas confirma morte de seis detentos em presídio de Manaus - Política e Economia - Santa

Sistema prisional07/04/2017 | 21h26Atualizada em 07/04/2017 | 21h26

Governo do Amazonas confirma morte de seis detentos em presídio de Manaus

Polícia Militar está realizando procedimento de contagem de internos no local.  Segundo o governo, não houve motim ou rebelião na unidade

Agência Brasil
Agência Brasil

Seis detentos foram mortos na Unidade Prisional da Puraquequara (UPP), na zona leste de Manaus, nesta sexta-feira. Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas (Seap) informou a identidade das vítimas: Janderson Araújo da Silva  — conhecido como Boca Rica —, Leonardo Almeida de Souza, Marcos Henrique Neves de Lima, Tiago de Araújo, Felipe Xavier Oliveira e Felipe Gonçalves Marques.

Leia mais:
Setor carcerário da delegacia de São Leopoldo é interditado após fuga e motim 
Ações por indenização a presos podem gerar mais de R$ 15 milhões de dívida
Justiça condena Maranhão a indenizar famílias de 64 mortos em prisões

De acordo com o governo estadual, não houve motim ou rebelião na unidade, "tendo em vista que os internos não apresentaram oposição às forças policiais, reivindicações e nem danos ao patrimônio público".

A Polícia Militar do Amazonas está no presídio realizando procedimento de contagem de internos. Policiais civis estão interrogando os detentos que estão presos nas celas onde ocorreram os crimes. Profissionais realizam perícia técnica na unidade prisional. A ação também está sendo acompanhada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas.

No dia 2 de janeiro deste ano, quatro detentos foram mortos na Unidade Prisional do Puraquequara, mesmo dia em que terminou a rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que resultou na morte de 56 presos.

Leia as últimas notícias de Política

*Agência Brasil

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaOito pessoas são presas por propinas da Odebrecht na República Dominicana https://t.co/di1HORGw6O #LeiaNoSantahá 6 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaApae de Florianópolis suspende transporte por falta de repasses https://t.co/6R797l2Cua #LeiaNoSantahá 6 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros