Jean Kuhlmann é citado em outra lista de investigados na Lava-Jato - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Lista de Fachin12/04/2017 | 08h05Atualizada em 12/04/2017 | 18h05

Jean Kuhlmann é citado em outra lista de investigados na Lava-Jato

Deputado estadual do PSD aparece entre os nomes que serão investigados em outras instâncias

Jean Kuhlmann é citado em outra lista de investigados na Lava-Jato Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

Além dos 98 nomes de políticos que serão investigados no STF, o ministro Edson Fachin remeteu a outras instâncias do Judiciário mais de 200 petições que tratam de indícios sobre pessoas que não têm foro privilegiado. Na de número 6.858 está o nome do deputado estadual Jean Kuhlmann (PSD). Conforme o documento do Supremo Tribunal Federal (STF), o político teria recebido dois valores distintos, nos anos de 2004 – quando ainda era vereador por Blumenau – e 2012 – já quando concorria à prefeitura da cidade.

Na primeira vez, ele teria recebido o valor de R$ 65,6 mil que consistiam na facilitação de recebimento de faturas de serviços prestados e não pagos. O repasse teria sido intermediado pelo atual diretor de Desenvolvimento de Negócios da Odebrecht, João Borba Filho. Cinco anos atrás, segundo o inquérito, Kuhlmann supostamente recebeu R$ 50 mil em doação de campanha não contabilizada, conforme delação de Paulo Roberto Welzel, ex-diretor da Foz do Brasil.

No entanto, no depoimento de Wenzel, o valor pago pela Odebrecht Ambiental ao deputado estadual, na época, teria sido de R$ 500 mil. Kuhlmann era tratado pelo codinome 'Alemão'. No depoimento, Wenzel detalha que o propósito da empresa "era ter uma interlocução positiva com o vencedor do pleito eleitoral". O documento ainda pontua que a operacionalização do pagamento foi feita diretamente no diretório de campanha do candidato.

Derrotado nas duas últimas eleições municipais por Napoleão Bernardes – que também foi citado nas listas divulgadas ontem –, Kuhlmann declarou à Justiça Eleitoral na campanha de 2012 um total de R$ 1,1 milhão em doações. O maior repasse foi de R$ 800 mil e está em nome do próprio deputado. Outras 73 doações estão em nome do comitê financeiro municipal do partido. Atualmente Kuhlmann está no terceiro mandato de deputado estadual e preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. Antes disso ele havia sido vereador por dois mandatos em Blumenau. A reportagem tentou contato por telefone com a assessoria do deputado, que informou que ele se manifestaria por meio de nota.

O que diz Jean Kuhlmann (PSD):

Recebo com surpresa a informação de que meu nome consta em petição remetida para o 4º TRF, referente às investigações divulgadas pelo Supremo. Jamais tratei de qualquer assunto relacionado a campanhas eleitorais, e sobretudo recursos para campanhas, com empregados e executivos e empresas citadas, tampouco conheço qualquer um deles. Minhas contas eleitorais sempre foram aprovadas e apresentadas dentro do rigor que exige a Justiça Eleitoral, e dentro da transparência pela qual sempre pautei minha trajetória. Confio no bom trabalho da Justiça, e tenho certeza que as investigações irão mostrar a verdade dos fatos. Meu maior interesse é que toda essa situação seja esclarecida, o quanto antes.

Leia mais notícias:
Lista de Fachin: confira os nomes de quem será investigado

Delações sobre Lula, Dilma e FHC vão para outros tribunais

Senador Dalirio Beber teria intermediado o pagamento ao PSDB

Décio Lima teria pedido vantagens para a esposa em 2012, diz inquérito

Segundo delações, Ana Paula Lima teria recebido R$ 500 mil da Odebrecht

Em 2012, Odebrecht teria repassado R$ 500 mil a Napoleão Bernardes

Navegantes: Roberto Carlos teria recebido R$ 500 mil, aponta delator

Imbituba: ex-prefeito teria recebido dinheiro para a eleição de 2012

Ideli Salvatti teria recebido R$ 300 mil da Odebrecht a pedido de Carlito Merss

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaVárias multinacionais sofrem ciberataque mundial https://t.co/0Wf6JZa7vH #LeiaNoSantahá 18 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEUA incluem China em sua lista negra do tráfico de pessoas https://t.co/1iR0LBqt29 #LeiaNoSantahá 27 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros