Ministro do STF arquiva inquérito contra o deputado Marco Feliciano - Política e Economia - Santa

Decisão07/04/2017 | 14h55Atualizada em 07/04/2017 | 14h55

Ministro do STF arquiva inquérito contra o deputado Marco Feliciano

Celso de Mello atendeu a pedido da PGR, entendendo que não há provas para seguir as investigações pelos crimes de peculato e contra a honra

Ministro do STF arquiva inquérito contra o deputado Marco Feliciano Alexandra Martins/Câmara dos Deputados/ divulgação
Foto: Alexandra Martins / Câmara dos Deputados/ divulgação
Agência Brasil
Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello decidiu, nesta sexta-feira, arquivar o inquérito aberto para investigar o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) pelos crimes de peculato e contra a honra.

O ministro atendeu a pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que descartou o andamento das investigações por falta de provas.

Leia mais
Secretário-geral do PT propõe que Lindbergh seja vice de Gleisi
Julgamento da chapa Dilma-Temer deve acabar no 1º semestre, diz Mendes
Defesa de Dilma pede acesso às delações de João Santana e Mônica Moura

A investigação foi aberta em 2013, a pedido da própria PGR, após representação promovida pelos deputados Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Érica Kokay (PT-DF), que acusaram Feliciano de ser responsável pela veiculação de vídeos postados na internet contra os autores da ação e de supostas irregularidades na contratação de membros de sua igreja no gabinete na Câmara.

Ao decidir o caso, Celso de Mello entendeu que o Supremo não pode se opor ao pedido de arquivamento feito pela procuradoria.

Leia as últimas notícias de Política

*Agência Brasil

a Brasil

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPolícia Civil divulga nome e fotos do suspeito de matar a travesti Jeniffer em Florianópolis  https://t.co/8kbdZP93Us #LeiaNoSantahá 6 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPolícia divulga nome e fotos de suspeito de matar travesti Jeniffer  https://t.co/1Bnb4ES4ln #LeiaNoSantahá 7 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros