Gasto médio com o Dia das Mães deve aumentar em 3,6% em SC - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Economia05/05/2017 | 16h03Atualizada em 05/05/2017 | 16h03

Gasto médio com o Dia das Mães deve aumentar em 3,6% em SC

Pesquisa da Fecomércio-SC aponta estabilidade no poder de compra das famílias catarinenses em relação a 2016

Gasto médio com o Dia das Mães deve aumentar em 3,6% em SC Adriana Franciosi/Agencia RBS
Itens de vestuário devem ser os principais presentes comprados para o Dia das Mães Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A expectativa de gasto médio dos catarinenses em presentes de Dia das Mães em 2017 terá um aumento de 3,6% em relação a 2016, segundo a Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio-SC). O resultado mostra uma estabilidade na renda das famílias em relação a 2016, quando a maioria declarou ter perdido poder de compra. O Dia das Mães é considerado a segunda data comemorativa mais importante para o comércio catarinense.

A expectativa de gasto médio em Santa Catarina para o 14 de maio será de R$ 165,77. Aumentou em relação a 2016, quando foi de R$ 159,89, mas continua abaixo do gasto de 2015, que foi de R$ 176,86. Entre os sete municípios pesquisados, Florianópolis (R$ 225) e Chapecó (R$ 169,59) têm as maiores expectativas de gasto.

Embora o gasto médio seja mais alto, as vendas no comércio não devem recuperar o nível de 2015, já que a maioria dos entrevistados (34,6%) afirmou que a situação financeira da família está igual a do mesmo período de 2016, ou seja, ainda não recuperaram o poder de compra de 2015. Para a mesma pergunta,  34,4% disseram que a situação financeira está melhor e 31% afirmaram que está pior do que 2016.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 8 de abril com 2.011 homens e mulheres maiores de 18 anos em sete cidades: Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí. A margem de erro é de 5%. 

Os principais tipos de presentes comprados para as mães devem ser itens de vestuário (43%), perfumes e cosméticos (13,3%) e calçados e bolsas (10,8%). Nas opções de passeios, 45,1% pretendem reunir a família em casa  e 31,8% não pretendem fazer nada específico.

Além do gasto médio, o levantamento também traçou um perfil dos consumidores catarinenses no Dia das Mães: composto preponderantemente de mulheres (60,2%) entre 18 a 25 anos (30,7%), que trabalham com carteira assinada (50,9%) e com renda familiar entre R$ 1.893 e R$ 4.730 (38,4%). 

Leia mais notícias sobre economia

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaMotociclista fica ferido em acidente com dois caminhões em Blumenau https://t.co/KUM6wPwwFC #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaPalcos abertos democratizam a dança com apresentações gratuitas por Joinville https://t.co/pqVbSzFw7O #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros