Moacir Pereira: O radicalismo cego dos sindicalistas - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Opinião01/05/2017 | 13h25Atualizada em 01/05/2017 | 13h25

Moacir Pereira: O radicalismo cego dos sindicalistas

A grave crise que atinge o Brasil não se resume hoje à tragédia de 14 milhões de trabalhadores desempregados, ao governo impopular com ministros acusados de corrupção e à recessão econômica punindo toda a população pelo desastrado populismo dos últimos anos.

Não se agravou no dia 28 de abril só pelos atos de vandalismo, violência, desordem e destruição, com os protestos comandados pela CUT, PT e aliados. Eles não queriam se manifestar. Eles apostaram no quebra-quebra, nos bloqueios e atentados contra cidadãos livres.

O mais grave na crise está na dupla incoerência destas lideranças sindicais e partidárias sem compromisso com o futuro do Brasil. Perderam a memória. Deviam rever o que disse Dilma há dois anos, em defesa da lei da terceirização. Tinham o dever de reler o que disse Lula ao advogar a imediata reforma da Previdência.

O impasse maior deste maniqueísmo suicida que gera ódio entre os brasileiros está na falta de alternativas e na propagação de mentiras repetidas a levar "verdades", definitivas e ilusórias, aos desprevenidos e ingênuos.

Se a CLT está defasada e trava os empregos, por que CUT, PDT, Força Sindical, PT e similares não propõem algo mais consistente do que foi sugerido pelo governo? Se a Previdência Social é injusta com trabalhadores da iniciativa privada e privilegia o setor público, inviabilizando o futuro, por que não indicam projetos melhores?

A selvageria da greve representou um tiro no pé. Oxigenou o governo e não abriu espaços para emendas que possam melhorar os projetos em exame no Congresso. O mais grave na crise está na dupla incoerência de lideranças sindicais.

Pesca
Com a celebração de missa no Rancho do Zé Perri, na praia do Campeche, pescadores artesanais darão início hoje à pesca da tainha. Na praia do Santinho, Norte da Ilha, sete imensas canoas bordadas estão preparadas para retorno ao mar. Todas são abrigadas no Rancho do Pescador do Costão do Santinho, sob a guarda do pescador Sagaz dos Santos, sobrinho do antigo proprietário, seu tio Leonel Serafim dos Santos. Uma das canoas e os ranchos têm mais de 150 anos, garante Sagaz.

EDP em SC
A multinacional Energias de Portugal (EDP Brasil), que arrematou quatro lotes no último leilão para implantação de linhas de transmissão, está interessada em investir na Celesc. A empresa está levantando todos os dados da estatal de energia para compra de 33% das ações hoje em poder da Previ. A EDP tem capital chinês e vai investir R$ 3 bilhões nas linhas conquistadas em leilão da Aneel.

Documentário
A TV Senado vai exibir no próximo dia 14 programa especial com resumo de seis horas de entrevistas com o falecido senador Luiz Henrique da Silva. Foram realizadas pelo jornalista Armando Rolemberg, no final de 2014 e início de 2015. Como ele se aposentou no Senado, o material histórico ficou arquivado. Até que o novo diretor o encontrou e decidiu editá-lo para exibir em rede nacional.

Transmissão
A EDP Brasil venceu um dos lotes do leilão da Aneel, em parceria com a Celesc Distribuição, na proporção de 90% para 10%. Serão construídas linhas de transmissão e uma subestação. Se adquirir as ações da Previ, a EDP Brasil passará a contar com quatro cadeiras no conselho de administração da Celesc Distribuição.

Alerta
A Prefeitura de Florianópolis corre o risco de ter rejeitado, na primeira análise, o empréstimo de US$ 300 milhões do Banco Interamericano do Desenvolvimento. A folha de pessoal fechou o ano de 2016 em 57,6% e continua em cerca de 54%, muito acima da Lei de Responsabilidade Fiscal. A situação financeira da Prefeitura da Capital é a segunda pior do Brasil, em termos de comprometimento com a folha de pessoal. Perde até para Porto Alegre e Curitiba.

Aderiu
Outra surpresa na greve de 28 de abril. A Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição se incorporou à absurda convocação da CNBB e decidiu também suspender as atividades no Colégio Imaculada Conceição. A exemplo do Colégio Catarinense _ pela primeira vez na história, a instituição fez greve política. Santa Paulina está até agora se remoendo no túmulo em São Paulo. 

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    Santa"São infelizes coincidências", diz secretário sobre ataques a agentes prisionais em SC https://t.co/m5tXxIVxoq #LeiaNoSantahá 7 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEpagri/Ciram alerta para risco de ressaca e alagamentos no domingo e na segunda-feira em SC https://t.co/9sQLDUhstM #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros