Moro pode emitir sentença sobre Lula a partir de quarta-feira  - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Caso do triplex20/06/2017 | 15h50Atualizada em 20/06/2017 | 18h10

Moro pode emitir sentença sobre Lula a partir de quarta-feira 

Defesa do ex-presidente apresentou alegações finais relativas ao caso do imóvel no Guarujá (SP) nesta terça-feira (20), último dia do prazo

Moro pode emitir sentença sobre Lula a partir de quarta-feira  Reprodução/Divulgação
Lula e Moro em depoimento em maio Foto: Reprodução / Divulgação
Zero Hora
Zero Hora

Às 23h59min desta terça-feira (20), termina o prazo para que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outros seis réus no caso do triplex do Guarujá apresentem suas alegações finais ao juiz Sergio Moro. É a última chance para que os acusados se defendam antes que o magistrado anuncie a sentença. Ou seja: a partir de quarta-feira, Moro pode decidir pela absolvição ou condenação de Lula a qualquer momento.

Nesta tarde, os advogados do ex-presidente concederam uma entrevista para apresentar suas últimas alegações no processo — um dos cinco em que o petista aparece como réu. Neste caso, suspeita-se que Lula tenha recebido R$ 3,7 milhões em propina em razão de contratos firmados entre a OAS e a Petrobras.

Para o Ministério Público Federal (MPF), o valor foi repassado por meio da reforma do triplex e do pagamento pelo armazenamento de bens do ex-presidente entre 2011 e 2016. A defesa de Lula, por sua vez, sustenta que a empreiteira transferiu em 2010 os direitos econômicos e financeiros do apartamento para um fundo gerido pela Caixa Econômica. A afirmação, na avaliação da defesa, invalidaria a acusação contra o ex-presidente, já que, assim, a OAS não teria como ceder a propriedade ou prometer a posse do imóvel.

Leia mais:
Sentença de Lula no caso do triplex deve sair até próximo semestre
Humberto Trezzi: Sentença de Lula vem aí
Depoimento de Lula a Moro será sobre o caso triplex; entenda


Não há prazo para que Moro dê sentença

A partir do fim do prazo para alegações, não há previsão para que Moro sentencie Lula e os demais réus. Porém, com base no ritmo que o juiz tem imprimido aos processos da Lava-Jato, acusadores e defensores acreditam que a decisão saia ainda neste ano.

Levantamento realizado por ZH em maio mostrou que, em média, o magistrado leva sete meses e meio entre a abertura e a conclusão de um processo. Foi esse o tempo-padrão nas 29 ações da operação já encerradas pelo juiz. Neste processo, Lula tornou-se réu em setembro de 2016.

Condenação não significa prisão

À Justiça, o MPF pediu a condenação de Lula à prisão em regime fechado e o pagamento de multa superior a R$ 87 milhões. Entretanto, uma eventual condenação do ex-presidente não significa que ele venha a ser preso.

Neste processo, também são réus Léo Pinheiro, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Fabio Yonamine, Paulo Gordilho, Roberto Ferreira, da OAS, e Paulo Okamotto, do Instituto Lula.

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaContas inativas: SC tem 606 denúncias contra empresas com irregularidades no FGTS https://t.co/1GHpq6Kn07 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaOnze atrações para curtir o fim de semana em Blumenau e região https://t.co/4Tv0LICZUd #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros