Temer diz que vai investir R$ 266 milhões para regulamentação de reforma agrária - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Na Voz do Brasil05/06/2017 | 20h37Atualizada em 05/06/2017 | 20h37

Temer diz que vai investir R$ 266 milhões para regulamentação de reforma agrária

Medida, segundo o presidente, vai beneficiar 70 mil famílias neste "primeiro momento de implantação"

Temer diz que vai investir R$ 266 milhões para regulamentação de reforma agrária José Cruz / Agência Brasil/Agência Brasil
Foto: José Cruz / Agência Brasil / Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira (5) que o governo federal vai investir R$ 266 milhões para colocar em prática a regulamentação dos chamados "créditos de instalação" para assentados da reforma agrária. A medida, segundo ele, vai beneficiar 70 mil famílias neste "primeiro momento de implantação".

Temer deu as declarações durante entrevista concedida à Voz do Brasil em que detalhou a assinatura, na semana passada, do Decreto 9.066/2017, que trata dos créditos de instalação destinados aos beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária.

Leia mais
Campo Aberto: Plano Safra da agricultura familiar em clima diferente
Temer anuncia R$ 30 bilhões para agricultura familiar

De acordo com o presidente, esse tipo de crédito é o "primeiro incentivo para que os assentados se estabeleçam na terra". Ele diz que essa e outras políticas mostram o "firme compromisso" do governo federal com a agricultura familiar. 

— Estamos ao lado dos brasileiros que produzem, pagam impostos, geram empregos e querem um país melhor — disse, lembrando que 60% dos alimentos consumidos no Brasil são provenientes da agricultura familiar.

— Não foi sem razão que liberamos R$ 30 bilhões para que pequenos agricultores tomem crédito, melhorem sua produção, portanto, gerem emprego e estimulem a economia do nosso Brasil — disse, lembrando do anúncio, também na semana passada, do Plano Safra de Agricultura Familiar. 

Temer também mencionou a renegociação de débitos rurais com o Banco do Nordeste, aprovada há alguns meses pelo Congresso Nacional, após o envio de uma medida provisória pelo Palácio do Planalto.

Leia as últimas notícias de Política

*Agência Brasil

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem de 24 anos é morto a tiros em Balneário Camboriú https://t.co/cGxUYIJdN3 #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaTemer desiste de extinguir reserva mineral na Amazônia https://t.co/efKQWrHWMk #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros