Carolina Bahia: fama de negociador - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Política05/07/2017 | 02h10Atualizada em 05/07/2017 | 02h10

Carolina Bahia: fama de negociador

A vida do presidente Michel Temer na Câmara não está sendo tão fácil quanto os seus articuladores políticos imaginavam

Carolina Bahia: fama de negociador MARCOS CORRÊA/FOTOS PÚBLICAS
Foto: MARCOS CORRÊA / FOTOS PÚBLICAS

A vida do presidente Michel Temer na Câmara não está sendo tão fácil quanto os seus articuladores políticos imaginavam. A ideia era emplacar à frente da relatoria na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) um integrante da tropa de choque, um deputado absolutamente alinhada ao ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), como Alceu Moreira ou Jones Martins. Não deu certo. O presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), preferiu dar um verniz de independência a sua escolha e elegeu um deputado fora da lista oficial. 

A escolha de Sergio Zveiter (PMDB-RJ) a primeira vista atende a esses critérios de autonomia, mas basta dar uma olhada na biografia dele para entender melhor como ele pode ser classificado. Advogado e de família de juristas, além de ser do grupo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), integrou os governos de Anthony Garotinho, Sérgio Cabral e Eduardo Paes. Horas antes de ser anunciado, participou de uma conversa com o líder do PMDB, Baleia Rossi (SP). A expectativa no Planalto ainda é por um parecer favorável ao engavetamento da denúncia. Não porque Zveiter é um deputado fiel a Temer, mas por ter fama de negociador. O maior problema é o que poderá ocorrer no plenário e, depois da prisão do explosivo Geddel Vieira Lima, o risco do famoso fato novo.

Os ingênuos
De uma hora para outra, os políticos mais experientes do país querem convencer a plateia que viraram cidadãos ingênuos. Pelo menos esse é o teor dos discursos de defesa tanto de Michel Temer quanto do senador Aécio Neves (PSDB-MG). No discurso da retomada do mandato, Aécio disse que foi vítima de uma armadilha.

Além da JBS
Nos próximos dias, a Polícia Federal ouvirá o depoimento de  Cláudio Melo Filho, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht. A delação de Melo tem um capítulo dedicado ao presidente Michel Temer e pedido de recursos para a campanha de 2014.

Teori
No próximo dia 19, o acidente de avião que matou o ministro Teori Zavascki (STF) completa seis meses e as investigações da Polícia Federal e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) ainda não foram concluídas.

Leia outras colunas de Carolina Bahia

Carolina Bahia: Temer e a destruição

Carolina Bahia: Temer e o teste de fidelidade

Carolina Bahia: vitória da Lava-jato

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDepois de amanhecer gelado, temperaturas podem chegar a 24ºC em Santa Catarina  https://t.co/h5QU3Ox1zx #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDiante da superlotação, moradores da Serra de SC oferecem hospedagem alternativa aos turistas https://t.co/JGBQBGYO6N #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros