Carolina Bahia: olha a selfie, candidato! - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Política25/08/2017 | 02h10Atualizada em 25/08/2017 | 02h10

Carolina Bahia: olha a selfie, candidato!

Preocupado com o próprio futuro político, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia , está prestes a jogar a toalha

Carolina Bahia: olha a selfie, candidato! Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Preocupado com o próprio futuro político, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está prestes a jogar a toalha. Depois de duas semanas tentando aprovar uma reforma sem pé nem cabeça, Maia reconhece que tanto o fundão quanto o distritão poderão ser enterrados, e tudo ficará como está. Sobrará o desgaste de um plenário que, mais uma vez, tentou legislar em causa própria. 

Deputados perderam a oportunidade de fazer uma reforma política com real impacto para o país. Aprovadas pela comissão especial, ao menos o fim da coligação nas proporcionais e a cláusula de barreira ainda estão vivas. Embora importantes para a redução do número de partidos, também são medidas sem acordo no Senado. As declarações de Maia, no entanto, não significam o fim da linha. Parlamentares continuam preocupados com o financiamento da campanha em 2018, cegos para a necessidade de redução de custos.  Maia ironizou o período de vacas magras:

- Acho que todo mundo vai ter que comprar um bom celular, com uma boa definição de imagem, e contratar um cinegrafista amador.

Falsidade
É falso o armistício no PSDB. Embora os senadores Tasso Jereissati (CE) e Aécio Neves (MG) tenham anunciado que tudo continua como está, com Tasso na presidência, Aécio estrategicamente nas sombras e os ministros na Esplanada, os tucanos permanecem em crise. 

Holofotes 
Todas as atenções do governo estão na Comissão de Orçamento, que ainda precisa votar a nova meta fiscal. Prefeitos que circulam por Brasília ouvem nos ministérios que as emendas só serão liberadas depois da votação. Presidente da comissão, o senador Dario Berger (PMDB) está sob pressão. 

Sul da Ilha
O governador Raimundo Colombo se reuniu, em Brasília, com o presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski, para tratar de ajustes na obra do novo acesso ao Sul da Ilha, que leva ao Aeroporto Hercílio Luz. O governador argumentou que a exigência de desapropriar residências aumentaria o custo em aproximadamente R$ 100 milhões. Ele propõe mudar o traçado, passando à margem do mangue. O órgão ambiental prometeu avaliar o pedido.

Leia outras colunas de Carolina Bahia

Carolina Bahia: fantasma do fato novo

Carolina Bahia: segurança em segundo plano

Carolina Bahia: equivocado e incompleto

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaAo vivo: acompanhe o trânsito em Blumenau nesta segunda-feira (25/9) https://t.co/ZaQnXvA8FW #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau sedia fórum de prevenção a riscos de desastres naturais na bacia do Rio Itajaí https://t.co/lkHbO5U7M7 #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros