Feirão oferta vagas de trabalho para deficientes em Blumenau - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Oportunidade23/09/2017 | 16h27Atualizada em 23/09/2017 | 16h27

Feirão oferta vagas de trabalho para deficientes em Blumenau

Ação faz parte dos eventos do Setembro Branco da Inclusão e ocorreu sábado no Complexo do Sesi

Feirão oferta vagas de trabalho para deficientes em Blumenau Lucas Correia/Jornal de Santa Catarina
Foto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

Alguns procuravam o primeiro emprego, outros voltar ao trabalho mas todos tinham o mesmo objetivo em mente quando entraram sábado no feirão de empregos no Complexo do Sesi, em Blumenau: ganhar visibilidade no mercado de trabalho. O evento que ocorre pela segunda vez na cidade contou com empresas de diferentes setores e no total ofertou cerca de 40 vagas, 10 a mais o número do ano passado.Sorridente Airton Arnoldo, 20 anos, era um dos candidatos. Ao lado da mãe, Milda Eger Arnoldo, apoiadora do filho em todos os momentos, ele estava a procura de uma vaga que se adaptasse ao perfil dele. 

— Agora que terminei o Ensino Médio quero encontrar uma vaga de office boy ou de recepção para poder entrar na universidade e fazer Jornalismo. A minha expectativa do feirão hoje é entrar no mercado de trabalho, já deixei os meus dados e meus contatos em algumas empresa. Agora vou aguardar — conta Airton que perdeu a visão aos seis meses de idade.

 Feirão de empregos para pessoas com deficiência no SESI. CASE: Airton Arnoldo
Aos 20 anos, Airton está em busca da primeira oportunidade de trabalhoFoto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

Outro morador de Blumenau que passou pela feira foi Amilton Borba, 32 anos. Desempregado desde julho, ele que perdeu a perna esquerda em um acidente de trânsito, em 2004, estava em busca de um emprego na área de têxtil - já que possui experiência em estamparia.

— Tem lugar para todo mundo. Espero que eu consiga uma oportunidade e me chamem, pois a situação está bem complicada para todos que buscam um emprego hoje em dia — comenta.

Leia também
:: Feirão de empregos para pessoas com deficiência em Blumenau
::
Confira outras notícias do Vale do Itajaí

A assistente social do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência Física (Comped), Daiane Mantoanelli, ressalta que além da oferta de emprego, o feirão dá visibilidade à pessoa com deficiência física:

É importante saber que fazemos parte do mercado de trabalho, precisamos desfazer esta invisibilidade social. Esta é uma ação afirmativa, nos fazer sentir parte de algo. Muitas vezes as pessoas não se sentem preparadas para participar de uma seleção, mas é aqui que ela poderá ser vista e inserida em algo — ressalta.

 Feirão de empregos para pessoas com deficiência no SESI
Ação faz parte dos eventos do Setembro Branco da InclusãoFoto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina

O evento começou às 9h e seguiu até as 14h deste sábado e além de oportunizar a inclusão, foram oferecidas oficinas artesanais, orientação financeira, aulão de zumba, elaboração de currículos e atividades paradesportivas. A ação faz parte dos eventos do Setembro Branco da Inclusão. 

— Está é a primeira edição que fazemos em um sábado e foi justamente uma solicitação dos participantes. Além da entrega de currículos, fizemos questão de convidar associações e convidar parceiros para ofertar cursos e qualificação profissional aos candidatos — afirma a consultora do Programa de Inclusão do SESI/SC, Thaís Tavares Pompeo.

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros