Carolina Bahia: o último sacrifício - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Política17/11/2017 | 04h00Atualizada em 17/11/2017 | 04h00

Carolina Bahia: o último sacrifício

Líder do PR, José Rocha (BA) disse que o engavetamento da denúncia contra Temer foi a derradeira concessão a Michel Temer

Carolina Bahia: o último sacrifício Alan Santos/Presidência da República/Divulgação
Foto: Alan Santos / Presidência da República/Divulgação

Enquanto o presidente Michel Temer negocia ministérios em troca da aprovação de uma reforma da Previdência, partidos aliados começam a mandar recados. Deputados do PR, bancada com 37 parlamentares, já ouviram do líder José Rocha (BA) que o último sacrifício foi o engavetamento da denúncia contra Temer. Embora comande o Ministério dos Transportes, o PR não quer saber de mudanças na Previdência porque o custo político de mexer nas aposentadorias é considerado alto. Há o mesmo sentimento entre deputados do PP e do PMDB, embora caciques destes partidos estejam prometendo ao Planalto fidelidade, se conseguirem ampliar o espaço na Esplanada. Desconfiado, o governo tenta deixar a distribuição dos cargos para depois da votação da reforma. Não há certeza de que os partidos tenham condições de entregar a votos prometidos.

Apelo
Diretores de universidades e institutos federais de todo o país se reúnem na quarta-feira com o ministro Mendonça Filho (Educação) em busca de mais recursos no Orçamento de 2018. Eles querem a construção e reforma de laboratórios de pesquisa e bibliotecas, além da contratação de professores. No dia anterior, o grupo terá uma reunião preparatória na Câmara dos Deputados. O deputado Pedro Uczai (PT) é um dos articuladores da reunião.

Vai longe
A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara marcou para terça-feira a votação do relatório sobre o foro privilegiado, um dia antes de o STF retomar o julgamento sobre o tema. A decisão é para marcar posição. Mesmo que seja aprovada a admissibilidade da proposta, ainda será criada uma comissão especial para analisar o foro privilegiado e só depois irá a plenário.

Joaquim
Integrante da executiva nacional do PSB, Beto Albuquerque descarta prévias para escolha do candidato do partido à Presidência da República. Ele confirma que a cúpula socialista convidou o ex-presidente do STF Joaquim Barbosa para assumir a disputa. No total, já houve quatro reuniões sobre o assunto com o ex-ministro. Barbosa prometeu uma resposta para janeiro.

Quem fica
O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, está em Bogotá (Colômbia) onde assinou declaração para Agenda Regional para o Desenvolvimento Integral da Primeira infância. Deputado federal, é candidato à reeleição e esta entre os ministros que conta com o apoio da bancada do PMDB para permanecer na Esplanada até abril.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 23-10-2017: O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, assinou convênio com o Estado do Rio Grande do Sul para reforço da biometria, no Palácio do Piratini (FOTO FÉLIX ZUCCO/AGÊNCIA RBS, Editoria de Notícias).
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

 "Me parece extremamente importante que essas questões sejam colocadas para o aperfeiçoamento da delação premiada (...) É preciso corrigir abusos",

do ministro Gilmar Mendes, mais uma vez lembrando que eventuais ilegalidades em acordos pode colocar essa ferramenta em risco.

Leia outras colunas de Carolina Bahia:

 Carolina Bahia: agarrados ao poder 

Carolina Bahia: Começa o desembarque

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaCão terapeuta leva conforto a velórios em Balneário Camboriú https://t.co/vKSN8Tr4RH #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: Cão terapeuta leva conforto a velórios em Balneário Camboriú https://t.co/jxmboyGlTw #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca