Clóvis Reis: Saldo do orçamento da Câmara será usado para pagar servidores de Blumenau - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Política29/11/2017 | 10h36

Clóvis Reis: Saldo do orçamento da Câmara será usado para pagar servidores de Blumenau

Confira a coluna desta quarta-feira

Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

A prefeitura usará para o pagamento dos servidores os R$ 7 milhões que sobraram do orçamento da Câmara de Blumenau. Vereadores da base do governo esperavam que pelo menos parte do dinheiro se destinasse à subvenção de entidades indicadas por eles. Entretanto, a ginástica financeira para a quitação das folhas de dezembro e janeiro, 13º salário e férias inviabilizou o plano dos vereadores.

*** 

A alíquota da contribuição previdenciária dos servidores públicos de Blumenau vai subir de 11% para 14% para os trabalhadores ativos e aposentados que ganham acima de R$ 5,5 mil. O novo índice se aplica apenas ao valor que ultrapassar o limite estipulado. Em outras palavras, se o funcionário ganha R$ 6,5 mil, o acréscimo na tributação incidirá sobre R$ 1 mil. A mudança é resultado da medida provisória que alterou a contribuição previdenciária dos servidores federais e que, por via de consequência, atinge os trabalhadores de todos os entes públicos. No caso do funcionalismo federal, a alteração entra em vigor em fevereiro, mas em Blumenau a adoção da medida ainda não tem data definida, porque depende do encaminhamento de um projeto à Câmara de Vereadores. O prazo para a mudança é 30 de junho de 2018.

***

O PSDB de Blumenau vai emplacar três titulares no novo diretório nacional do partido: Napoleão Bernardes, Dalírio Beber e Erivaldo Nunes Caetano Filho (Vadinho). João Paulo Taumaturgo será suplente.

***

O vereador Marcos da Rosa (DEM), presidente da Câmara de Blumenau, reavalia a decisão de ficar fora da eleição de 2018. Ele cogita a disputa de uma vaga a deputado federal, no lugar originalmente reservado para o empresário Jorge Cenci (Sênior). 

Jornal de Santa Catarina
Busca