Comerciantes blumenauenses estão otimistas para as vendas de Natal - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Economia06/11/2017 | 07h00Atualizada em 06/11/2017 | 07h00

Comerciantes blumenauenses estão otimistas para as vendas de Natal

Apesar de só 33,3% deles projetarem contratações, 92,6% apostam em vendas iguais ou melhores do que em 2016

Bastou a 34ª Oktoberfest sair de cena para que enfeites, bolas coloridas e as tradicionais árvores de Natal invadissem as ruas e as lojas de Blumenau. Afinal, faltam apenas 49 dias para a data considerada a mais importante do ano para o setor. Pensando nisso, os comerciantes planejam estratégias para os dias de maior movimento. Apesar de 55,6% deles não estarem dispostos a abrir novas vagas de trabalho, segundo levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau, a expectativa de vendas é igual ou melhor do que no ano passado entre 92,6% dos empresários que responderam ao questionário.

O presidente da CDL de Blumenau, Helio Roncaglio, ressalta que os resultados da pesquisa — feita com empresários dos ramos da confecção, brinquedos, móveis e eletrodomésticos, mercado, joalheria e ótica, materiais de construção e outros — é reflexo do comportamento do consumidor final, que tem optado mais por lembrancinhas do que por presentes com mais de dois dígitos.

— Nos últimos três anos a gente percebe que as contratações vêm caindo. As empresas procuram trabalhar mais enxutas, sempre tentando melhorar os resultados que são afetados pela falta de venda, por exemplo. Pode ser que mais para frente a gente se surpreenda, pois há uma tendência de um Natal melhor do que no ano passado. São números positivos que deixam os comerciantes otimistas — comenta ao citar que entre os que preveem aumento na vendas, 64% acreditam em um incremento de 5% a 10%.

Roncaglio acredita que com o início da Magia de Natal e as campanhas de fim de ano, o consumidor será lembrado da data e comece a comprar antecipadamente os mimos. Com a retomada da economia, os ciclos mudam — setores que venderam menos nos últimos anos começam a vender mais — e, de certa forma, isso é resultado de uma estabilização econômica tímida, ressalta o presidente da CDL Blumenau.

Foto:

Trabalho temporário com chance de efetivação

No ano passado, 66,7% optaram por não contratar novos profissionais e dos 33,3% que abriram vagas, a maioria (88,9%) empregou apenas duas pessoas. Neste ano o cenário apresenta mudanças. Dos lojistas que irão abrir vagas, 80% pretendem contratar até duas pessoas, 10% entre três e cinco profissionais e 10% entre seis e nove funcionários temporários.

 —Vamos contratar nas duas lojas, aumentar um pouco a equipe com a expectativa de que seja um Natal bom. Na loja de brinquedos vamos aumentar em cinco pessoas e na de moda em oito. Apesar das vendas terem caído no Dia das Crianças, em relação ao ano passado, Natal é Natal e quem sabe as pessoas tenham segurado para comprar brinquedos agora — ressalta o empresário blumenauense Paulo Roberto Baehr, proprietário da Sulamericana Brinquedos e da Sulamericana Confecções, que faz parte dos 33,3% dos comerciantes que irão ofertar vagas de trabalho para a temporada 2017/2018.

Para quem está em busca de emprego fixo, a vaga temporária é uma alternativa para se inserir no mercado. A oportunidade de fim de ano pode ir além dos três meses e virar um trabalho com carteira assinada por mais tempo:

— Geralmente nós começamos com um contrato de 90 dias, mas há possibilidade de efetivação sim. Neste ano nós fizemos uma readequação de pessoal, por conta do baixo movimento, e agora estamos contratando. Com certeza temos possibilidade de efetivação, em anos anteriores isso já aconteceu — cita Baehr.

:: Leia mais notícias de Blumenau e região em santa.com.br

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaDagmara Spautz: MP avalia importância histórica de um dos primeiros balneários de SC https://t.co/pouRvLAQ0H #LeiaNoSantahá 8 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaDaniela Matthes: "Leis e bom senso não são suficientes para um trânsito mais seguro" https://t.co/5Djy3cxRvo #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca