Consulta ao sexto lote de restituição de Imposto de Renda será aberta nesta quarta-feira - Política e Economia - Santa

Versão mobile

Economia07/11/2017 | 13h50Atualizada em 07/11/2017 | 13h50

Consulta ao sexto lote de restituição de Imposto de Renda será aberta nesta quarta-feira

O lote contempla 2.358.433 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,8 bilhões

Consulta ao sexto lote de restituição de Imposto de Renda será aberta nesta quarta-feira Roberto Scola/Agência RBS
Foto: Roberto Scola / Agência RBS
Agência Brasil
Agência Brasil

A consulta ao sexto lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2017 será aberta nesta quarta-feira (8), a partir das 9h. O lote contempla 2.358.433 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,8 bilhões, informou nesta terça-feira (7), a Receita Federal.

O lote multiexercício de restituição do IRPF contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2016.

O crédito bancário para o total 2.428.985 contribuintes será efetuado no dia 16 de novembro, chegando a R$ 3 bilhões. Desse total, R$ 107,844 milhões referem-se ao quantitativo de contribuintes com prioridade: 26.209 idosos e 3.354 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Os montantes de restituição para cada exercício, com a correção da taxa Selic aplicada, podem ser acompanhados na tabela a seguir:

Foto:

Leia também:

Receita consolida regras sobre declaração do Imposto de Renda

Inflação da baixa renda sobe 0,42% em outubro, aponta FGV

Petrobras anuncia novo reajuste nos combustíveis

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    Santa"O ônibus derrapou e acabou tombando", conta testemunha do acidente na BR-470, em Pouso Redondo https://t.co/ji0qVoz6C1 #LeiaNoSantahá 11 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaMorre Malcolm Young, guitarrista e fundador do AC/DC https://t.co/4HfSN490iE #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca