Julgamento de Lula tem as atenções de lideranças partidárias e mobiliza caravana de militantes em SC - Política e Economia - Santa

Versão mobile

 

TRF423/01/2018 | 08h24Atualizada em 23/01/2018 | 08h24

Julgamento de Lula tem as atenções de lideranças partidárias e mobiliza caravana de militantes em SC

Partido dos trabalhadores em SC calcula que cerca de 100 ônibus foram mobilizados em direção a Porto Alegre

Julgamento de Lula tem as atenções de lideranças partidárias e mobiliza caravana de militantes em SC Carlos Macedo/Agencia RBS
Acampamento em Porto Alegre é o ponto de encontro do militantes a favor de Lula Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Seja qual for o futuro político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será decidido nesta quarta-feira em julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, a certeza é de que o desfecho da sessão terá as atenções dos catarinenses tanto em SC como no Estado vizinho.

Uma caravana de aproximadamente cem ônibus foi mobilizada na noite desta segunda-feira para deslocar grupos de militantes do PT e de simpatizantes do ex-presidente das cidades catarinenses até a capital gaúcha. Manifestantes pró-Lula têm como ponto de encontro a área do Anfiteatro Pôr do Sol, um espaço voltado a shows e eventos a céu aberto de Porto Alegre. 

Cerca de 3 mil pessoas já estavam acampadas desde segunda no local, segundo a assessoria do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Só de Florianópolis partiram 15 ônibus rumo ao acampamento às 23 horas desta segunda-feira. O PT em Santa Catarina não agendou eventos com militantes nas cidades do Estado para esta terça ou quarta-feira porque a prioridade do partido é que a militância esteja concentrada em Porto Alegre.

Ou seja, não há previsão de que grupos de militantes catarinenses se reúnam para acompanhar o julgamento por telão, por exemplo. Parte dos ônibus que saiu de Santa Catarina deverá voltar ainda nesta terça ao Estado, após o término dos atos programados em defesa do ex-presidente na véspera do julgamento, mas o PT anunciou que a maioria dos militantes seguirá em vigília na capital gaúcha até o julgamento.

Presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann confirmou que Lula estará em Porto Alegre nesta terça. O principal ato com a presença do ex-presidente será na Esquina Democrática, no centro da cidade, ainda sem horário definido. No local, Lula discursará ao lado de outros integrantes do partido. Ele deve deixar Porto Alegre até o fim do dia e acompanhará o julgamento em São Paulo.

Todas as lideranças do PT em Santa Catarina foram convocadas para os atos em Porto Alegre. Nomes como o presidente da legenda no Estado, o deputado federal Décio Lima, e o também deputado federal Pedro Uczai, além da ex-senadora Ideli Salvatti, já estão desde segunda no Estado vizinho para acompanhar o julgamento.

—O que nos traz a Porto Alegre é a certeza de que este momento é um marco regulatório para a nossa história em relação à afirmação dos valores democráticos e do Estado de direito— anunciou Décio Lima.

Se os desembargadores do TRF4 mantiverem a condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, imposta pelo juiz Sergio Moro em primeira instância, Lula ficará inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. O ex-presidente ainda teria possibilidade de recursos no próprio TRF4 e no Supremo Tribunal Federal (STF) para fazer constar seu nome nas urnas, mas o rótulo de candidato "sob judice" colocaria em dúvida a permanência dele na campanha eleitoral. 

Caso o desfecho seja de reviravolta, com Lula absolvido e sem impedimento para concorrer no dia 7 de outubro, não há dúvida de que o ex-presidente seria o rosto mais identificado com a esquerda e  oposição ao atual governo na corrida pelo Planalto. 

Julgamento começa a definir cenário eleitoral

É praticamente consenso entre as lideranças políticas de Santa Catarina que a disputa pela presidência — e, por consequência, aos demais cargos — depende da definição desses dois cenários a partir do julgamento em Porto Alegre.

—A população brasileira aguarda esse julgamento como um divisor de águas do processo. Com mais clareza dos possíveis atores, o processo de alianças e de construções de candidaturas fica mais claro, consistente — aponta o deputado federal e pré-candidato ao governo do Estado pelo PMDB, Mauro Mariani.

Entendimento parecido manifesta o deputado federal Esperidião Amin, líder do PP no Estado.

—Seja qual for o resultado (do julgamento), o desenho do cenário político começa a ser traçado à tinta. Até agora era a lápis. Também acho que, para o Brasil, para a democracia brasileira, seria bom que o Lula pudesse disputar a eleição — avalia.

Também pré-candidato ao governo do Estado, o deputado estadual e líder do PSD, Gelson Merisio, aposta em uma "eleição diferente" em outubro, independentemente do julgamento no TRF4. Presidente do PSDB no Estado, o deputado estadual Marcos Vieira espera por uma "Justiça soberana", ou seja, que acene pela condenação do ex-presidente.

O QUE DIZEM AS LIDERANÇAS PARTIDÁRIAS EM SC

Deputado federal Esperidião Amin, presidente do PP em SC
"A partir desse momento se abre o processo eleitoral no Brasil. Seja qual for o resultado, o desenho do cenário político começa a ser traçado à tinta. Até agora era a lápis. Também acho que, para o Brasil, para a democracia brasileira, seria bom que o Lula pudesse disputar a eleição. O pior de tudo é a construção de um mito. E o mito, o Lula, ganharia a eleição se fosse candidato? Não vai ser enfraquecido por uma legítima decisão da Justiça, do ponto de vista político, se ele for considerado inelegível e não puder disputar. Toda a narrativa do golpe não será enfraquecida, será fortalecida, se ele não puder ser candidato. "

Deputado federal Décio Lima, presidente do PT em SC
"O que nos traz a Porto Alegre é a certeza de que este momento é um marco regulatório para a nossa história em relação à afirmação dos valores democráticos e do Estado de direito. Não viemos apenas para o julgamento de uma pessoa, viemos para manifestar profunda indignação com os acontecimentos em curso na história do país. O resultado do julgamento pode trazer uma mácula profunda na conquista da democracia que o Brasil vive, objeto do maior período de vida democrática do país, 38 anos. Ela se viu diante de um processo de exceção com o golpe que se institucionalizou desde 2016. Este resultado também faz parte da agenda que rasga o Estado de direito e o título democrático." 

Deputado federal Mauro Mariani, presidente do PMDB em SC
"Será certamente um fato significante e influenciador no processo eleitoral de 2018. É uma decisão que cabe à Justiça, não guardo expectativa nem de um lado nem de outro. Na minha opinião, o processo eleitoral já poderia ser um julgamento definitivo. Mas não vivemos um tempo normal. É um momento de extrema dificuldade no campo político e todos os partidos, as grandes lideranças têm enfrentado esse tipo de dificuldade. A população brasileira aguarda esse julgamento como um divisor de águas do processo. Com mais clareza dos possíveis atores, o processo de alianças e de construções de candidaturas fica mais claro, consistente. Por enquanto é um território completamente imprevisível. Quero crer que esse julgamento estabeleça um novo encaminhamento eleitoral, especialmente dos partidos de esquerda."

Deputado estadual Marcos Vieira, presidente do PSDB em SC
"O PSDB de Santa Catarina é a favor de todo e qualquer tipo de investigação, independentemente da cor partidária. Se cometeu delito, que a Justiça o puna. É isso o que esperamos, que efetivamente a Justiça seja soberana, que examine os fatos e tome a decisão de acordo com o que manda a lei. Claro que a extrema esquerda tem um quinhão da sociedade, como a extrema direita também tem. Mas quero crer que, no momento certo, especialmente em Santa Catarina, o eleitor vai saber votar."

Deputado estadual Gelson Merisio, presidente do PSD em SC
“Independentemente do resultado, tenho a convicção de que vamos vivenciar uma eleição diferente em vários aspectos neste ano. E, sem dúvida, o que definirá o futuro do país é o eleitor, que cada vez mais acompanha de perto o processo, está informado e deixara o seu recado nas urnas.”

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaJovem morre após colisão em árvore na BR-470, em Trombudo Central, no Vale do Itajaí https://t.co/5tn8POfN57 #LeiaNoSantahá 1 diaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaÀs 18h, os brinquedos da Planetapeia vão percorrer os setor do Parque Vila Germânica. Às 19h será a vez de atrações… https://t.co/hdgiMphZqbhá 9 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca