Feira projeta vendas de R$ 80 milhões na Volvo Ocean Race - Política e Economia - Santa

Versão mobile

 

Regata19/04/2018 | 08h30Atualizada em 19/04/2018 | 08h30

Feira projeta vendas de R$ 80 milhões na Volvo Ocean Race

Empresários esperam aumento de 60% em vendas ante outras edições da Volvo Ocean Race

Feira projeta vendas de R$ 80 milhões na Volvo Ocean Race Patrick Rodrigues/Jornal de Santa Catarina
Com cerca de 100 expositores, a feira é uma das atrações da regata em Santa Catarina, com abordagem diversificada e produtos que custam de R$ 5 até R$ 2 milhões Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

Quem chega ao Centreventos de Itajaí para visitar a Vila da Regata tem, antes dos barcos, um cartão de visita voltado aos produtos e serviços da região do Vale do Itajaí e Litoral. Com cerca de 100 expositores, a feira multissetorial é uma das atrações da parada da Volvo Ocean Race em Santa Catarina, com abordagem diversificada e produtos que custam de R$ 5 até R$ 2 milhões, como explica o diretor da feira, Jean Gern:

– O evento está bem diversificado e o nosso objetivo é ter muitos produtos de venda direta ao consumidor, com produtos que ele pode levar de lembrança da região e da Volvo Ocean Race. No entanto, surpreende nas três edições do evento o bom desenvolvimento da construção civil.

Segundo a organização, 12 construtoras da região estão com estandes na feira dentro da Vila da Regata e têm destacado as boas prospecções de negócios. Até o momento, aproximadamente 70 negócios com bom índice de fechamento foram registrados pelas empresas – que devem responder por uma grande fatia do faturamento esperado da feira. Para esta edição, a expectativa é de que cerca de R$ 80 milhões sejam comercializados no evento, o que representaria um aumento de 60% em relação à edição de 2015, quando a meta de R$ 50 milhões foi batida.

ARTESANATO LOCAL VALORIZADO NO EVENTO
Entre os itens com vendas concretizadas na hora – ao contrário dos imóveis – destacam-se os artesanatos e produtos locais, além do estande oficial com suvenires e outros itens licenciados da regata. Pela temática do espaço, ganham foco também os itens da área náutica, com pontos de venda de vários equipamentos para barcos grandes ou pequenos.

Para os artesanatos, a Associação de Artesões de Itajaí montou um espaço específico no segundo piso do pavilhão, onde os artistas locais vendem produtos com valores entre R$ 6 a R$ 200. Entre eles está o aposentado Otávio Franke, que chama a atenção dos turistas com pinturas feitas em cascas de marisco. Com delicadeza, ele desenha nas cascas atrações famosas de Itajaí.

– A ideia é realmente ter produtos para todos os públicos que vão até a Vila da Regata, da lembrancinha ao equipamento para um barco, além de artesanatos locais e vestuário. É uma vitrine da região para os visitantes – conta Gern.

A feira multissetorial funciona nos mesmos horários da Vila da Regata, com entrada gratuita e programação de oficinas e apresentações para a comunidade no palco na parte interna do Centreventos, onde os estandes ocupam a área de 5 mil metros quadrados.


 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaBlumenau terá programação para a Semana da Imigração Alemã  https://t.co/SXsH0rQ1og #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaIFC abre inscrições para três cursos gratuitos em Blumenau https://t.co/i6JdqzH19V #LeiaNoSantahá 10 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca