Itoupava Central é o bairro com o maior número de furtos em Blumenau - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Vers?o mobile

 
 

Segurança13/06/2015 | 07h06

Itoupava Central é o bairro com o maior número de furtos em Blumenau

Entre abril e maio deste ano, os registros na região representaram 9% do total de furtos na cidade

Itoupava Central é o bairro com o maior número de furtos em Blumenau Gilmar de Souza/Agencia RBS
Loja Mery Baby's teve prejuízo de mais de R$ 50 mil após furto Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS
Na Bíblia e na imagem de Nossa Senhora Aparecida Rosemery Lemke encontra motivação para reabrir seu comércio na Itoupava Central após amargar um prejuízo de mais de R$ 50 mil. Mery, como prefere ser chamada, embarca segunda-feira para São Paulo. Quer reabastecer as prateleiras que estão praticamente vazias desde 26 de maio, quando chegou para trabalhar e encontrou a porta da Mery Baby’s, na Rua Gustavo Zimmermann, arrombada e o estoque reduzido a poucas peças de roupas e pares de calçados. Por enquanto uma corrente de ferro reforça a segurança no imóvel.

Assim como ela, outros moradores e comerciantes do maior bairro da cidade vivem uma sensação de insegurança. A crescente urbanização da área, hoje com mais de 28 mil habitantes, fez aumentar os furtos e roubos a casas e estabelecimentos comerciais. Entre abril e maio deste ano, os registros na região representaram 9% do total de furtos na cidade, atrás apenas do Centro, com 12% de todas as ocorrências. Entre dezembro de 2013 e novembro de 2014, a Polícia Militar (PM) registrou na região 50 furtos, o maior volume em toda a cidade. Dados atualizados não foram fornecidos pela corporação.

:: Relembre: O mapa dos furtos em Blumenau

A comunidade acredita que a região torna-se alvo dos ladrões pois sua localização geográfica favorece a fuga devido à ligação com Pomerode, Massaranduba e Luis Alves. O presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) da Região Norte, Zélio dos Santos, acredita que também faltam policiais e viaturas para inibir ações criminosas. A PM reconhece o aumento da criminalidade na Itoupava Central e o associa ao crescimento da região. 

— A região Norte é para onde a cidade está crescendo. Mais casas, comércios, prédios surgindo. É um processo que eleva o número de crimes — avalia o 2º Tenente da PM, Rodrigo Geraldo Siedschlag.

::: Empresas mudam rotinas para prevenir assaltos na região norte de Blumenau

Foi o crescimento da região que motivou Mery a abrir, em março, o negócio voltado ao público de zero a 16 anos. A ausência do comércio especializado possibilitou lucros já nos primeiros meses.

— Eu abri o comércio pensando que iria amenizar a dor da perda (a morte da mãe) e foi o que aconteceu. Vamos recomeçar com pouco, mas iremos reabrir sim — garantiu a microempresária.

::: Três casas da mesma rua do bairro Itoupava Central, em Blumenau, são alvo de ladrões

Após a reinauguração, a loja terá o reforço de grades e alarme. Mas Mery sabe que o investimento apenas minimizará a possibilidade de novos furtos.

A PM mantém as estratégias de combate ao crime no bairro em sigilo. Até que as ações surtam efeito, Mery terá de continuar se apegando à fé para proteger seu patrimônio e o sonho de ser uma empreendedora bem-sucedida.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Notícias Relacionadas

Segurança 13/06/2015 | 08h26

Três casas da mesma rua do bairro Itoupava Central, em Blumenau, são alvo de ladrões

Famílias da Rua Arnold Zuelow tiveram as casas arrombadas

Segurança 13/06/2015 | 08h20

Empresas mudam rotinas para prevenir assaltos na região norte de Blumenau

Entre abril e maio deste ano, os registros na região representaram 9% do total de furtos na cidade

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaGuinness confirma: o maior ovo decorado do mundo é o da Osterfest de Pomerode https://t.co/PqwpIrT3VPhá 1 horaRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaQueda de árvore interdita Rua Coronel Feddersen em Blumenau https://t.co/MuWEl9Cj9Phá 1 horaRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca