Adolescente morto ao sair da escola em Joinville não tinha registros criminais - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Violência19/09/2016 | 17h57

Adolescente morto ao sair da escola em Joinville não tinha registros criminais

Um garoto de 16 foi apreendido e é o principal suspeito do crime

Adolescente morto ao sair da escola em Joinville não tinha registros criminais Arquivo Pessoal/Divulgação
As primeiras suspeitas indicam que Natan pode ter sido vítima de vingança após briga Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Uma briga ainda sem explicação para a polícia e para os familiares de Natan Felipe Vieira, de 17 anos, terminou com a morte do adolescente na manhã desta segunda-feira, na zona Sul de Joinville. Natan foi assassinado a tiros logo depois de sair da escola Gertrudes Benta Costa, no bairro Petrópolis.

O corpo dele ficou estendido ao lado de um riacho, entre as ruas dos Jornalistas e Manoel de Souza. Ao lado dele, a mochila com todo o material escolar. O celular e os documentos também estavam intactos. Inconformados, a mãe, o padrasto, o irmão e a namorada ficaram mais de uma hora sentados no gramado em frente ao corpo.

— Ele não tinha envolvimento com nada de ruim. Não tem explicação — dizia o padrasto, Donizete Garcia Gonçalves.

A polícia, os professores da escola e os vizinhos confirmam que Natan não tinha histórico de envolvimento com drogas, nem passagens pela polícia, diferentemente de outras mortes recentes de adolescentes em Joinville.

A hipótese mais provável, investigada pela Polícia Militar assim que o corpo foi encontrado, é a de uma briga na frente da escola, na avenida Paulo Schroeder. Natan teria se desentendido com outros jovens que não estudam na escola e estaria marcado para morrer. Um garoto de 16 anos foi encaminhado para a Divisão de Homicídios para ser ouvido pela polícia civil na tarde desta segunda-feira. Ele negou a autoria, mas uma testemunha ocular do crime o identificou como suspeito. A polícia ainda ouvirá mais testemunhas.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

Uma adolescente que presenciou a morte disse aos policiais que viu o momento em que Natan correu pela rua até uma ponte de madeira. Em vez de correr em direção à rua Manoel de Souza, ele entrou no final da rua Bertholdo Correia, um beco que fica ao lado de um riacho.

Quem tiver informações e quiser denunciar, pode ligar para o Disque Denúncias (181) ou enviar mensagem para a página da Delegacia de Homicídios no Facebook. As informações serão mantidas em sigilo.

"É um absurdo", diz diretor de escola

A morte de Natan é a segunda entre alunos da escola Gertrudes Benta Costa em menos de um mês. Os alunos, professores e pais já haviam feito uma manifestação no desfile do dia 7 de Setembro, em homenagem ao adolescente David Moyses dos Santos, de 16 anos, que foi assassinado no começo do mês.

O desfile da escola emocionou as milhares de pessoas que foram assistir ao desfile na avenida Beira-rio. 

— É um absurdo. A gente se sente impotente. Precisamos da ajuda da comunidade. Por isso queremos fazer uma nova manifestação pela valorização da vida — disse o diretor Mauri Matos de Freitas, que passou boa parte da tarde reunido com a Gerência de Educação, na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville.

Um ato pela paz e pela vida foi marcado pela Escola Gertrudes Benta Costa para ocorrer às 8h30 desta terça-feira. Natan foi o 12º morador de Joinville com menos de 18 anos a ser morto apenas em 2016.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Violência 19/09/2016 | 13h21

PM prende suspeito de matar Aghata Christie Mafra em Joinville

Mulher foi assassinada no dia 11, quando voltava do trabalho

Segurança 15/09/2016 | 14h17

Suspeito de tentativa de assalto é morto por comerciante em Joinville

Outro homem conseguiu fugir e ainda não foi identificado

Violência 14/09/2016 | 08h01

Homicídio de mulheres triplica e chega a 15 neste ano em Joinville

Dos casos registrados pela polícia, em oito o principal suspeito é conhecido ou parente da vítima. Polícia também aponta que cresceu participação da mulher em atividades como o tráfico e a atuação nas facções criminosas

Violência 11/09/2016 | 20h56

Homem é assassinado na zona Oeste de Joinville

Crime ocorreu na noite de sábado, no bairro Nova Brasília

Violência 11/09/2016 | 13h50

Mulher é assassinada a tiros quando ia para o trabalho na zona Sul de Joinville

Polícia procura ex-companheiro da vítima porque ela havia registrado uma série de boletins de ocorrência contra ele nos últimos dias

 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaTestemunha diz que confortou brasileira antes de ela morrer em acidente de trem em New Jersey  https://t.co/73zsnkYnTw #LeiaNoSantahá 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaCampanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira em Joinville https://t.co/OU6VAHX9dX #LeiaNoSantahá 44 minutosRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros