Operação Novo Cangaço prende sete pessoas em SC  - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Na Serra29/03/2017 | 10h56Atualizada em 29/03/2017 | 14h21

Operação Novo Cangaço prende sete pessoas em SC 

Suspeitos de integrar quadrilha de assaltos a bancos que agia no Rio Grande do Sul foram presos com drogas e arma em Bom Jardim da Serra

Operação Novo Cangaço prende sete pessoas em SC  Polícia Civil SC / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil SC / Divulgação / Divulgação

Sete pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, em uma operação contra suspeitos de participarem de uma quadrilha de assaltantes de banco que agia no Rio Grande do Sul. A ação foi denominada de "Novo Cangaço" em referência à modalidade de ataque em que bandidos fazem reféns na frente das agências como escudos humanos, aterrorizando a população e impedindo reações policiais na fuga.

Do lado gaúcho, a operação mobilizou 300 policiais civis no Noroeste do Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina, o trabalho com 30 policiais se concentrou na cidade de Bom Jardim da Serra e mobilizou policiais civis catarinenses de São Joaquim, na Serra.

De acordo com o delegado Diego Azevedo, de São Joaquim, os policiais catarinenses investigavam há 40 dias a movimentação de uma quadrilha na Serra especializada em roubo a bancos, a partir de informações da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil em Florianópolis.

— A Polícia Civil do Rio Grande do Sul também nos ligou falando desses criminosos que estariam aqui e então agimos juntos nessa operação de hoje. Suspeitamos que eles iriam atacar um banco em Bom Jardim da Serra — disse o delegado.

A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em SC. Os presos, seis homens e uma mulher, estavam em duas casas. Foram apreendidas pequenas porções de drogas e uma pistola, razão pela qual eles serão autuados em flagrante. Além deles, o delegado disse que três integrantes do bando deixaram SC à noite, mas acabaram sendo presos no RS. Os nomes não foram divulgados.

Ataque com 30 reféns no RS

A polícia vai investigar se os presos em SC participaram do ataque a dois bancos no dia 6 de fevereiro na cidade gaúcha de Miraguaí, de 4,8 mil habitantes. No roubo, criminosos fizeram 30 reféns, entre clientes, funcionários e até mesmo um policial, enquanto assaltavam o Banrisul e o Sicredi. Na fuga, a quadrilha fez reféns como escudo humano e incendiou uma viatura da Brigada Militar.

Leia também:

Criminosos que atacaram lotérica em SC são presos em rodovia no RS

Suspeito de furtar residência é amarrado em poste em Joinville

Acompanhe as últimas notícias do Diário Catarinense

 
 

Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaPosto de combustíveis é alvo de tiros em Blumenau https://t.co/kGGGg9Sxwy #LeiaNoSantahá 14 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaHomem é baleado no estacionamento da Fundação Cultural de Blumenau https://t.co/8wfub4wkqd #LeiaNoSantahá 23 minutosRetweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros