Homem morto no Brejaru, em Palhoça, não tinha envolvimento com crime, diz Polícia - Segurança - Jornal de Santa Catarina

Versão mobile

Emboscada?19/06/2017 | 18h52Atualizada em 19/06/2017 | 19h08

Homem morto no Brejaru, em Palhoça, não tinha envolvimento com crime, diz Polícia

Vítima foi assassinada quando voltava do bar para casa a pé, depois que o carro dele falhou

Celso Romão, morador do bairro Brejaru, em Palhoça, pode ter sido morto em uma emboscada. Conforme a Divisão de Investigação Criminal da cidade, o senhor de 62 anos foi assassinado após sair de um bar na noite de sábado.

Ele teria tentado deixar o bar de carro, mas o veículo apresentou uma falha na bateria. Então deixou o automóvel lá e seguiu a pé para casa. No caminho, foi alvejado por três tiros e morreu na rua, entre 21h e 22h. Somente no dia seguinte, o corpo dele foi encontrado por moradores em um terreno baldio na rua Romalino João da Rosa.

A Polícia Civil não se sabe a motivação do crime nem possui suspeitos. Mas informa que Celso não tinha envolvimento com crime e vivia da renda de alguns imóveis que alugava no bairro. Ele morava sozinho. A família irá prestar depoimento nesta terça-feira.


Siga Santa no Twitter

  • santacombr

    santacombr

    SantaEm reunião da Fiesc, Jorge Bornhausen comenta reunião com Temer https://t.co/j0VMwIdmqN #LeiaNoSantahá 10 minutosRetweet
  • santacombr

    santacombr

    SantaEspaço do centro administrativo da Vila Germânica deve dar lugar a mais camarotes no futuro https://t.co/62XJRU4GrS #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet

Veja também

Jornal de Santa Catarina
Busca